O presidente da Câmara de Jaraguá do Sul Dico Moser (MDB) assinou nesta quarta-feira (22) o Decreto nº 10/2020 que reduz em 15% os salários dos vereadores, assessores, cargos comissionados e adicionais de função dos que possuem gratificações, por 60 dias.

A medida terá impacto financeiro mensal de R$ 56.542, conforme informa o decreto com uma economia prevista de R$ 113 mil. Atualmente o salário dos vereadores jaraguaenses é de R$ 8.500.

Segundo Dico Moser, em conversa com os vereadores foi decidido pela redução do salário como forma de contribuir com o momento atual que o município passa afetada pela pandemia do coronavírus.

“Além disso, também já fizemos a devolução de R$ 1 milhão ao Executivo referente à economia do ano das sobras do que é repassado para a Câmara. Não estamos fazendo politicagem com estas reduções e sim dando nossa contribuição para ajudar a saúde neste momento”, comenta.

O anúncio da redução já recebeu críticas, principalmente nas redes sociais, já que muitos internautas apontaram que a redução poderia ser maior como foi anunciada para os comissionados e o prefeito de Jaraguá.

No começo desta semana, o prefeito Antídio Lunelli (MDB) também assinou decreto de redução de salários. O salário dele e do vice serão cortados em 50%, enquanto que de secretários será de 25% e demais comissionados 15%. A medida é válida por 60 dias e representará uma economia de R$ 742.412,22.

Veja também:

Prefeito de Jaraguá do Sul Antídio Lunelli decreta redução em 50% do próprio salário e do vice

 

Quer mais notícias do Coronavírus COVID-19 no seu celular?

Mais notícias você encontra na área especial sobre o tema:

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Telegram Jaraguá do Sul