Os vereadores de Jaraguá do Sul aprovaram na sessão desta terça-feira (23) o projeto de lei do governo municipal que readéqua orçamento para implantação do binário da Vila Lenzi.

Com a aprovação da matéria, em turno único, é aberto um crédito no valor de R$ 750 mil no orçamento da Secretaria de Planejamento e Urbanismo da Prefeitura.

Os recursos serão investidos na desapropriação de imóveis entre as ruas Dona Antônia e Padre Alberto Romuald Jakobs, necessária para a implantação do binário.

A obra prevê a conexão entre as duas ruas, que irão compor o binário com a Rua Antônio Carlos Ferreira (Vila Lenzi/Nova Brasília).

As negociações para a desapropriação dos imóveis estão em andamento, informa o diretor do Instituto Jourdan Otoniel da Silva, assim como o projeto executivo da obra também está sendo elaborado.

Além dos bairros Nova Brasília e Vila Lenzi, o binário também deverá melhorar o fluxo de trânsito aos bairros Estrada Nova, Água Verde e Chico de Paulo, que usam principalmente a Rua Expedicionário Antônio Carlos Ferreira para chegar à região central da cidade.

Trecho mais adiantado

O binário da Vila Lenzi está sendo implantado em duas frentes. Além do trecho inicial, que começa com a conexão das ruas Dona Antônia e Padre Alberto Jakobs, há o trecho final, que desembocará na rua Hermann Schulz.

Segundo o diretor Otoniel da Silva, as negociações de desapropriação para abertura deste trecho já foram concluídas e, assim que o trâmite judicial for encerrado, os imóveis passam para o nome do Município e as obras poderão ser executadas.

O trabalho contará com a parceria com a rede de supermercados Condor, que abrirá uma unidade na região. “A Prefeitura entra com a desapropriação, e o supermercado com a pavimentação da via”, explica o diretor.

Depois de iniciadas as obras, a expectativa é que sejam concluídas entre 30 a 45 dias, estima Da Silva.

 

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito: 

WhatsApp  

Telegram  

Facebook Messenger