O vereador Arleu da Silveira deverá apresentar, na sessão da Câmara de Vereadores de Criciúma desta terça-feira (9), um pedido da realização de um estudo sobre a viabilidade da criação do Banco Municipal de Criciúma (Banco Cidadão).

Conforme a proposta do vereador, o Banco terá como objetivo apoiar o cidadão criciumense (pessoa física e jurídica) e deverá operar com créditos semelhantes as atuais instituições financeiras, mas com valores e percentuais abaixo do praticado. Inclusive para o setor agrícola.

No requerimento que será apresentado o parlamentar lembra a existência da Lei Federal 4.595 de 31.12.1964, que dispõe sobre a Política e as Instituições Bancárias e a resolução 1.649 do Banco Central do Brasil que aprovou a regulamentação dos bancos de desenvolvimento, financiamento e investimento. Sendo esses, capazes de captar recursos e fundos Nacionais e Internacionais.

 

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp