O vereador Osmair Gadotti (MDB) está apelando à Fujama (Fundação Jaraguaense do Meio Ambiente) e à Secretaria Municipal de Agricultura e Abastecimento, juntamente com o Ministério Público de Santa Catarina, para que promovam um projeto para viabilizar o controle da proliferação desenfreada de capivaras em Jaraguá do Sul.

Segundo o parlamentar, essa é uma reivindicação dos agricultores jaraguaenses que esperam uma solução do Poder Público para conseguir cessar os prejuízos que vêm sendo causados pelos animais em suas lavouras. Para oficializar o pedido, ele fez uma moção de apelo, aprovada pelos vereadores em sessão nesta terça-feira (7).

Gadotti ainda lembra que, além dos danos causados nas plantações, as capivaras são responsáveis pela propagação de algumas doenças.

Por ser hospedeiro natural do carrapato-estrela, por exemplo, elas transmitem a febre maculosa brasileira, que não afeta os animais, mas pode levar o ser humano a óbito.

“As capivaras estão destruindo plantações próximas aos rios e ribeirões causando prejuízos aos agricultores. Devemos buscar meios para preservação de espécies da nossa fauna em harmonia com o crescimento urbano”, explica.

A moção de apelo foi aprovada pela unanimidade dos vereadores e enviada ao secretário de Agricultura e Abastecimento, Marcos Voltolini, ao presidente da Fujama, Ivo Schmitt Filho, e ao Ministério Público para análise.