Um projeto pioneiro em Santa Catarina pode virar lei em Joinville e garantir a alimentação de crianças carentes durante as férias escolares. A proposta foi apresentada no Plenário da Câmara de Vereadores de Joinville em forma de projeto de lei, há cerca de duas semanas, pelo vereador do PSD, Fabio Dalonso.

“Sabemos que muitas crianças têm na merenda escolar a principal refeição do dia. Durante as férias de julho e dezembro, janeiro e fevereiro, as escolas ficam fechadas, e as os alunos ficam sem esta alimentação”, comenta o vereador Fábio Dalonso.

Leia mais: Quem são os candidatos a governador e presidente dos vereadores de Joinville?

Quer receber as notícias no WhatsApp?

A matéria deve começar a tramitar na Comissão de Legislação na retomada dos trabalhos, em agosto, após o recesso parlamentar.

Hoje a rede municipal de educação de Joinville conta com cerca de 68 mil alunos no Ensino Infantil e Fundamental. O município investe todos os anos cerca de R$ 7,5 milhões em alimentos destinados à merenda escolar.