Nesta sexta-feira (21), o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) fez críticas ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), que afirmou esta semana, pela primeira vez, ser candidato à presidência na eleição de 2022.

“Serei candidato contra o Bolsonaro“, disse o petista em entrevista à revista francesa Paris Match divulgada na quinta-feira (20).

O atual presidente não deixou passar a oportunidade de criticar o petista. "Falando em política, para o ano que vem já tem uma chapa formada: um ladrão candidato a presidente e um vagabundo como vice”, provocou Bolsonaro, durante evento no Maranhão.

Na tradicional live de quinta-feira, Bolsonaro também chamou o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB) de “cara de pau” por declarações recentes em que o tucano afirmou que votaria em Luiz Inácio Lula da Silva (PT), em uma possível disputa ao Planalto em 2022, por considerar o petista “menos ruim” do que o atual chefe do Executivo federal. O presidente também se referiu a Lula como “bandido que não tem um dedo”.