Treze hospitais do Vale Europeu estão entre as 110 entidades filantrópicas catarinenses que receberão um total de R$ 190 milhões do Governo do Estado até o fim do ano. O reforço financeiro auxiliará as unidades de saúde no atendimento da população por intermédio do Sistema Único de Saúde (SUS).

Os convênios foram firmados nesta terça-feira (25), no Teatro Pedro Ivo, em Florianópolis, em evento que contou com a presença de representantes dos hospitais. A Secretaria de Estado da Saúde ainda não divulgou oficialmente a relação com os valores consolidados por entidade filantrópica.

A partir de agora, de acordo com o governador Carlos Moisés (PSL), a ideia é distribuir os recursos estaduais mediante a observação de critérios técnicos. “Vamos entregar com transparência e impessoalidade. O critério não será mais 'porque é da minha cidade', mas com base na produção e na entrega”, frisou.

A parceria é o primeiro passo na criação de uma nova política hospitalar catarinense, que será a base para a distribuição dos recursos públicos aos hospitais a partir de 2020, com previsão de repasse de até R$ 300 milhões.

“Estamos trabalhando numa matriz técnica, construída em parceria com a Universidade Federal de Santa Catarina, com base em fatores como número de leitos, leitos de UTI, salas cirúrgicas e existência de alvará sanitário. Ao final, o hospital obtém uma pontuação que define o valor que vai receber de acordo com o que entrega à população catarinense”, explica o secretário de Saúde, Helton de Souza Zeferino.

Unidades contempladas no Vale Europeu

  • Hospital São Benedito (Benedito Novo)
  • Hospital Santa Isabel (Blumenau)
  • Hospital Santo Antônio (Blumenau)
  • Hospital Misericórdia (Blumenau)
  • Hospital Santa Catarina (Blumenau)
  • Hospital Azambuja (Brusque)
  • Hospital e Maternidade Dom Joaquim (Brusque)
  • Hospital de Gaspar (Gaspar)
  • Hospital Beatriz Ramos (Indaial)
  • Hospital Hoscola (Luiz Alves)
  • Hospital e Maternidade Rio do Testo (Pomerode)
  • Hospital Dom Bosco (Rio dos Cedros)
  • Hospital e Maternidade Oase (Timbó)

Quer receber as notícias no WhatsApp?