O presidente do Tribunal de Justiça de Santa Catarina (TJSC), desembargador Ricardo Roesler, comandou na tarde desta segunda-feira (26) a sessão extraordinária do Pleno, onde foram sorteados os nomes de mais 5 magistrados que participarão do Tribunal Especial de Julgamento do governador já afastado, Carlos Moisés da Silva.

Os desembargadores Luiz Zenelato, Sônia Maria Schmitz, Rosane Portella Wolff, Roberto Lucas Pacheco e Luiz Antônio Zanini Fornerolli serão integrantes do tribunal misto, que ao lado dos cinco deputados a serem indicados pela Assembleia Legislativa apreciarão mais uma denúncia contra Moisés. A votação no plenário da Alesc deve ser realizada nesta terça-feira (27). O presidente do TJSC Ricardo Roesler, vai presidir o tribunal misto.

O rito será o mesmo do tribunal já instaurado, com uma votação para se definir se a apuração da denúncia terá continuidade ou se será arquivada, em maioria simples.

Carlos Moisés é acusado de crime de responsabilidade no caso da compra dos 200 respiradores, pagos antecipadamente por R$ 33 milhões, sem que os aparelhos tivessem chegado ao estado; e na tentativa de construção do hospital de campanha de Itajaí.

 

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp