Tomou posse neste terça-feira (12) pela primeira vez na Câmara de Vereadores de Jaraguá do Sul o representante comercial Charles Salvador (DEM). Com 1.235 votos alcançados na eleição proporcional de 2016, Salvador foi o segundo mais votado da sigla, atrás apenas do atual secretário de Saúde do município, Jonas Germano Schmidt, que fez 1.404 sufrágios. Ele ficará no Legislativo até o início do recesso parlamentar no lugar de Eugênio Juraszek (PP), que entrou em licença saúde para realização de uma cirurgia no ombro. Com o tempo reduzido, a última sessão ordinária do ano está agendada para o dia 21 de dezembro, o democrata diz que pretende marcar sua atuação com a análise séria dos projetos que ainda estão na pauta e também atendendo seus eleitores através das indicações. A primeira delas, apresentada já na sessão desta terça-feira (12), é para que a Prefeitura desvie o trânsito de caminhões pesados na rua Henrique Nagel, no Água Verde. “A rua acaba sendo utilizada para cortar caminho até a 280, mas gera muito trânsito pesado e poluição”, defende o parlamentar. VEREADOR DEFENDE AÇÕES TOMADAS POR LUNELLI  Sobre o primeiro ano da gestão do prefeito Antídio Lunelli (PMDB), Salvador defende que o período foi de arrumação da casa. “Eu diria que a palavra certa é coragem. O prefeito fez as mudanças que a cidade precisava e que vão dar resultado a médio e longo prazo”, disse. O DEM ocupa hoje duas pastas no governo, a Saú- de, com Jonas Schmidt, e o Issem, com Ademar Possamai. A sigla deve reunir os integrantes da executiva e diretório nos próximos dias para definir os encaminhamentos ao pleito do próximo ano. A tendência é de apoio à candidatura de Dieter Janssen (PP) à Assembleia Legislativa, e a de Carlos Chiodini (PMDB), à Câmara Federal. Além de Jackson Ávila (PMDB) e Jaime Negherbon (PMDB), que estão no Legislativo desde o início do ano nas cadeiras de Natália Petry e Rogério Jung, Salvador é o quinto suplente a passar pela Câmara em 2017.