O advogado Tiago Frigo, segundo suplente do PSL na Assembleia Legislativa, protocolou na tarde desta terça-feira (6) um pedido de afastamento do presidente casa, deputado Julio Garcia, em função das denúncias do MPF de corrupção, peculato, fraude em licitação e lavagem de dinheiro

O pedido foi entregue à Comissão de Ética e Decoro Parlamentar da casa Legislativa, presidida pelo deputado Volnei Weber (MDB).

 

 

De acordo com o regimento, o pedido será analisado dentro da comissão e, se for dada a admissibilidade, será apreciado primeiro dentro da própria comissão, que deverá produzir um relatório.

Se o entendimento da comissão for pelo afastamento, o relatório será levado a Plenário para a votação dos 40 deputados.

Julio Garcia ainda não foi comunicado oficialmente da denúncia e segundo a sua assessoria não vai se pronunciar enquanto não for oficializado.

 

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp