Manifestação ocorre depois do TJ ter anunciado ilegalidade do movimento grevista, e ganha força no dia de mobilização nacional contra a reforma da Previdência.  
Servidores na av. Getúlio Vargas
Público estimado em 5.000 pessoas percorre a avenida Getúlio Vargas e ganha força também com o movimento contra a reforma da Previdência Social | Foto: Dyovana Koiwaski
Cerca de 5 mil pessoas, incluindo servidores públicos municipais de Jaraguá do Sul que estão em greve, e representantes de sindicatos, movimentos sociais e demais categorias de trabalhadores se reuniram na manhã desta quarta-feira (15) na praça Ângelo Piazera e percorreram as principais ruas do Centro da cidade. O trânsito ficou parado em vários pontos na avenida Getúlio Vargas e rua Epitácio Pessoa e adjacências. https://www.youtube.com/watch?v=tsdmdI63W2s&feature=youtu.be Os servidores receberam apoio dos funcionários dos Correios, que também estão em greve, e de outros movimentos sociais e grupos que se manifestam contra a reforma da Previdência Social. O Sindicato dos Servidores Públicos (Sinsep) estuda medidas para recorrer da decisão do Tribunal de Justiça (TJ) do Estado, que decretou a ilegalidade parcial da greve e determinou na tarde de terça-feira (14) o restabelecimento integral até sexta-feira (17) dos serviços nas áreas de Saúde, Educação e Assistência Social. Veja abaixo a galeria de fotos da manifestação desta quarta-feira (15)