Em reunião com jornalistas na manhã desta quinta-feira (1º) no centro da Defesa Civil do Estado, em Florianópolis, o secretário de Saúde de Santa Catarina André Motta Ribeiro disse que o atual objetivo da pasta é manter em operação 1.000 leitos de UTI Adulto pelo SUS (Sistema Único de Saúde).

Conforme Ribeiro, antes da pandemia, SC tinha pouco mais da metade disso, eram 586. Hoje estão ativos 1.100 leitos.

Segundo o secretário, para manter leitos o Estado precisa garantir o custeio do kit intubação, oxigênio e também os recursos humanos necessários.

A ideia do governo estadual é trabalhar para garantir o custeio para estes mil leitos.