Jaraguá do Sul registrou 110 novos casos de coronavírus em 24 horas, conforme mostram os dados atualizados do painel Covid -19 da última terça-feira (10). No dia anterior, foram registrados 96 novos casos para o mesmo período.

O número é muito próximo do dia 24 de julho, no pico da doença, quando foram 122 casos registrados em apenas 24 horas.

 

 

A Prefeitura de Jaraguá do Sul informa que na secretaria municipal de Saúde o termo “segunda onda” está sendo evitado, mas que o município caminha para a quinta semana consecutiva de elevação de casos confirmados por semana epidemiológica.

O painel Covid-19 apresentou majoração na proporção de 186, 248, 318 e 437.

A semana epidemiológica de 8 a 14 de novembro, que ainda não fechou, já mostra 293 infectados, o que deve chegar a quase 700, caso a média destes três primeiros dias da semana seja mantida, superando o ápice da doença por semana epidemiológica, registrada de 26 de julho a 1º de agosto, com 489 confirmados.

Jaraguá do Sul volta a aplicar medidas restritivas

Um novo decreto (nº 14.382/2020), a ser divulgado hoje, limita o horário de funcionamento de bares e restaurantes. A medida leva em conta o aumento do número de casos e visa evitar a sobrecarga do sistema de saúde.

Bares, restaurantes, lanchonetes e estabelecimentos similares terão horário de funcionamento restrito em Jaraguá do Sul até as 23 horas, a partir desta quarta-feira (11). Música ao vivo, apresentações diversas e uso de telão estão autorizados somente até as 22 horas.

 

 

De acordo com o secretário de Saúde, Alceu Moretti, a limitação de horário já se mostrou eficaz anteriormente, uma vez que, quanto mais tempo a pessoa estiver em um ambiente descontraído, maiores são as chances de ela deixar de lado as medidas de prevenção.

As regras valem para todos os dias da semana e a fiscalização ficará a cargo da Vigilância Sanitária, Fiscalização de Posturas, Polícia Militar e Polícia Civil.

A decisão, tomada pelo Comitê de Combate ao Coronavírus, leva em consideração o aumento do número de casos confirmados no município, a lotação de leitos de UTI e a crescente procura pelas unidades de saúde.

Taxa de ocupação da UTI

A taxa de ocupação dos leitos de UTI exclusivos adultos para Covid está em 67%. A lotação dos leitos de enfermaria segue em 40%. Os leitos de UTI adultos chegaram a 100% de ocupação no mês de agosto, considerado o mais fatal em Jaraguá do Sul.

Em relação à disponibilização de leitos de UTI, a Secretaria de Saúde afirma que vem se preparando para o pior cenário, evitando possíveis surpresas.

A pasta trabalha para o convênio de mais cinco leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) para adultos no Hospital Jaraguá, totalizando 29.

Dos 24 leitos de UTI adulto disponíveis, 20 estão alocados no Hospital São José, sendo 10 habilitados pelo Ministério da Saúde e regulados pela Central de Regulação Estadual, que podem receber pacientes de todo o Estado.

Dez leitos são contratados pelo município de Jaraguá do Sul para atendimento da microrregião, assim como também os quatro leitos alocados no Hospital e Maternidade Jaraguá.

O decreto 14.383 segue exigências previstas na portaria nº 822 da Secretaria de Saúde de Santa Catarina, que determina que regiões classificadas como de risco grave proíbam a realização de shows e o funcionamento de casas noturnas e boates.

A presidente Comitê, Emanuela Wolff, reforça a necessidade do uso de máscara, álcool em gel, ambientes arejados e distanciamento social.

“São atitudes necessárias para baixar a curva novamente, garantindo a saúde da população, além de manter as atividades econômicas funcionando”, pondera.

*Com informações da assessoria de comunicação da PMJS.

 

Quer mais notícias do Coronavírus COVID-19 no seu celular?

Mais notícias você encontra na área especial sobre o tema:

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Telegram Jaraguá do Sul