O deputado federal Rodrigo Coelho (PSB-SC) quer a liberação do dinheiro retido no Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) quando o objetivo for a abertura de negócios próprios. O Projeto de Lei 479/2019 é o primeiro do mandato do parlamentar.

Na avaliação do deputado catarinense, não é justo que o trabalhador tenha acesso restrito a um dinheiro que é seu e fruto de anos de trabalho. Coelho ressalta que muitas pessoas encontraram no empreendedorismo uma saída para a perda de emprego gerada pela crise econômica. "A retomada do emprego tem se dado menos pelo vínculo com carteira assinada e mais pelos chamados conta-própria", afirma.

Com a proposta, Rodrigo Coelho quer facilitar o acesso ao crédito para os MEIs e os empresários das micro e pequenas empresas, que tem dificuldade de conseguir empréstimos junto às instituições financeiras.

Eleito deputado federal com 43.314 votos, Rodrigo Coelho (PSB-SC), 38 anos, natural de Joinville, desembarca em Brasília para lutar pelo fim dos privilégios dos políticos e da corrupção, além do enxugamento do Estado e da diminuição de burocracias. Também é defensor de parcerias público-privadas (PPPs) como forma de estímulo à economia, cultura, turismo e obras de infraestrutura.

Advogado previdenciário, pretende participar de forma ativa das discussões da reforma da previdência. Para ele, o país precisa de uma revisão no setor, mas que alcance todas as categorias, inclusive a militar, para que não haja um prejuízo ainda maior para os Segurados do INSS.

Rodrigo Coelho entrou na política em 2012, quando foi eleito vice-prefeito de Joinville. Durante o mandato, também presidiu e Fundação Cultural da cidade. Em 2016, foi eleito vereador, também em Joinville.

Quer receber as notícias no WhatsApp?