O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) precisou de pouco menos de uma hora para ver de perto o tamanho do estrago que o ciclone bomba deixou em Santa Catarina. O fenômeno climático, que varreu o estado na última terça-feira (3), atingiu 152 municípios catarinense, matando nove pessoas, deixando outras duas desaparecidas.

Por volta das 8h20min deste sábado (4), ele desembarcou no aeroporto Hercílio Luz, em Florianópolis. Usando máscara, foi recebido vice-governadora Daniela Reinehr; os senadores Jorginho Mello Esperidião Amin e Dario Berger; a deputada federal Angela Amin; o deputado estadual Coronel Mocelin e os prefeitos de Florianópolis, Gean Loureiro; e de Governador Celso Ramos, Juliano Campos Duarte.

Presidente viu de perto os estragos em Governador Celso Ramos | Foto Valdenio Vieira/Palácio do Planalto/Divulgação

 

Inicialmente, um problema mecânico no helicóptero da FAB atrasou o início do sobrevôo, mas às 8h49min Bolsonaro já seguia para ver com seus olhos a destruição em Governador Celso Ramos e Tijucas. O retorno aconteceu às 9h36min.

Após a vistoria, o presidente concedeu entrevista coletiva, acompanhado do ministro de Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho.

“Passamos por alguns pontos que foram atingidos por esse ciclone. Realmente é uma imagem triste. Somos solidários aos familiares que perderam seus parentes. Vim acompanhado do ministro de Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, bem como o secretário de Defesa Civil e já estamos trabalhando, mas agora é de forma mais integrada. Nos colocamos à disposição dos prefeitos para recuperar e mitigar os problemas ocasionados por esse ciclone”, disse Jair Bolsonaro.

Governador participou virtualmente da reunião com autoridades | Foto Julio Cavalheiro/Secom

 

O governador Carlos Moisés, diagnosticado positivo para coronavírus, participou virtualmente do encontro e pelas redes sociais agradeceu a passagem de Bolsonaro por SC.

“O apoio do @govbr é fundamental para que a gente consiga reerguer SC o quanto antes”, escreveu Carlos Moisés.

Às 10h48min, o presidente deixou Florianópolis e segue para Brasília onde participará de um evento em comemoração ao 244º Aniversário da Independência dos Estados Unidos da América.

 

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp