Um novo nome de Joinville surge na disputa por uma cadeira na Alesc (Assembleia Legislativa de Santa Catarina). Professor Marcos Soares, 49 anos, lançou sua pré-candidatura a deputado estadual há alguns dias, pelo PSL (Partido Social Liberal), o mesmo partido do pré-candidato à presidência da república Jair Bolsonaro.

Em 2016, Marcos Soares concorreu à prefeitura de Joinville pelo PEN (Partido Ecológico Nacional), hoje Patriota. Sua estreia na política foi em 2012 quando disputou eleição a vereador de Joinville. “Troquei o PEN/Patriota pelo PSL, porque o projeto do partido contemplou minhas expectativas entre elas por não fazer coligação para eleições majoritárias e proporcionais em Santa Catarina. A legenda tem um projeto político coerente nas três esferas: municipal, estadual e nacional. Tudo é alicerçado no tripé do liberalismo econômico, fortalecimento da segurança pública, valorização e defesa das famílias brasileiras”, justifica.

Professor Marcos, como ele é conhecido, é engenheiro de produção e bacharel em direito. Nasceu em Guarulhos (SP), mas desde 2005 vive em Joinville. “Lanço minha pré-candidatura com o objetivo de, na Alesc, elaborar projetos para redução da criminalidade; melhoria da saúde; redução de impostos em combustíveis e gás de cozinha”, comentou.

O pré-candidato do PSL completa. “Também quero trabalhar para leis de incentivo ao mercado livre, sem intervenção estatal com redução da burocracia e forte ênfase na fiscalização do executivo, de suas obras, licitações e gastos do erário público”, finaliza Marcos Soares.

Quer receber as notícias no WhatsApp?