O governador Carlos Moisés nomeou Renan Soares de Souza como o novo defensor público-geral de Santa Catarina. O chefe do Executivo escolheu o candidato mais votado, critério que sempre adota em respeito à preferência da categoria. Souza foi escolhido por 73 dos 115 defensores que participaram do pleito que contou com quatro candidatos ao cargo.

“Renan conta com o respeito e apoio dos colegas de Defensoria. Ele foi escolhido para estar à frente deste órgão, que tem um papel tão importante para os cidadãos. Tenho certeza que fará uma gestão exemplar”, diz Carlos Moisés.

O novo defensor público-geral assume o cargo em setembro por um mandato de dois anos. A subdefensora geral será Dayana Luz.

“Há grandes desafios, especialmente considerando o momento atual, mas acredito que a Defensoria tem um espaço para contribuir muito, especialmente na missão constitucional que ela tem de promover o acesso à Justiça das pessoas vulneráveis e mais necessitadas da nossa sociedade”, destaca Souza.

Professor na Unoesc

Defensor Público do Estado desde 2013, Renan Soares de Souza tem 35 anos, foi conselheiro superior da Defensoria Pública de SC por quatro anos e é lotado no núcleo da cidade de Chapecó, do qual foi coordenador. Ele também é professor da Universidade do Oeste de Santa Catarina (Unoesc) há sete anos.

Graduado em Ciências Jurídicas e Sociais pela Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões e especialista em Direito Constitucional pela Universidade Anhanguera-Uniderp, o novo defensor público-geral já foi servidor do Ministério Público e do Poder Judiciário de Santa Catarina.

Eleição virtual

Por conta da pandemia do novo coronavírus, a eleição da Defensoria Pública de SC foi realizada de forma virtual pela primeira vez em sua história.

No dia 3 de julho, o atual Defensor Público-Geral, João Joffily Coutinho, deu posse aos novos integrantes do Conselho Superior da Defensoria Pública de Santa Catarina: Marcel Mangili Laurindo, Diego Torres, Albert Silva Lima, Fernanda Aparecida Rocha Silva de Menezes e Valentim Hodecker Junior.

 

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp