Falta de espaço e acessibilidade, jazigos abandonados e materiais inadequados usados para flores e plantas.

 

Estes são alguns dos problemas constatados nos cemitérios municipais de Jaraguá do Sul e que a Prefeitura vem buscando alternativas para mudar a situação.

O vereador Eugênio Juraszek (PP) acompanhou as melhorias no cemitério do Chico de Paulo e frisou que ainda há muitas coisas a serem feitas como rampas de acessibilidade, muros e paisagismo.

"Precisamos cuidar desses espaços, são nossos entes queridos que estão lá", enfatiza.

Preocupado com a falta de túmulos no município, o vereador Arlindo Rincos (PSD) diz que apenas os cemitérios dos bairros Chico de Paulo e Nereu Ramos atendem à população atualmente e que num futuro bem próximo pode haver escassez de túmulos.

Porém, o gerente de Fiscalização de Bens Públicos da Prefeitura Robson Guilherme Minel, lembra que Jaraguá do Sul tem sete cemitérios municipais: Centro, Chico de Paulo, Czerniewicz, Jaraguá 99, Nereu Ramos, Rau e Vila Lenzi.

O agente operacional, Diego Gerloff, retira os plásticos dos vasos | Gustavo Luzzani/OCP News

Robson afirma que uma empresa terceirizada faz a roçada dos locais a cada 10 dias, enquanto a equipe da Prefeitura, em conjunto com quatro apenados, fazem a limpeza interna dos jazigos, retirando flores velhas, plásticos e outros materiais que trazem riscos a quem visita os locais

Segundo o gerente, além do cronograma de limpeza, a ideia da administração municipal é revitalizar todos os espaços com melhorias pontuais. Para ele, atualmente, o principal problema enfrentado pela Prefeitura é com os jazigos abandonados.

"Eles [jazigos abandonados] são um transtorno, pois não conseguimos identificar as famílias para reutilizá-los. Além disso, é uma questão de saúde para os visitantes", destaca.

Verticalização

De acordo com Robson, uma das ideias para aumentar a capacidade dos cemitérios é a verticalização, sendo que um estudo está em andamento para verificar quais cemitérios podem receber essa estrutura.

"Seria um gavetário municipal de responsabilidade da Prefeitura. A princípio, os cemitérios do Chico de Paulo e Nereu Ramos são prioridades para fazer a instalação e depois fazer a divisão", explica.

Há algumas semanas, foram realizadas melhorias com concretagem do acesso dentro do cemitério do Chico de Paulo, pois o espaço fica em um morro, sendo muito íngreme e de difícil para a locomoção das pessoas. Além disso, a Prefeitura também está estudando melhorias de acessibilidade.

"A maioria dos acessos aos túmulos nos cemitérios é de brita. Precisamos melhorar esses pontos e facilitar para os portadores de necessidade especiais e idosos", finaliza.

 

 

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Telegram

Facebook Messenger