Prefeitos e vice-prefeitos da região da Amesc se reuniram na manhã desta sexta-feira (23) para trocar ideias e debater a atual situação dos municípios diante do enfrentamento da pandemia e do atual cenário político do Governo do Estado de Santa Catarina que pode trazer consequências para as cidades do extremo sul.

Lideranças relataram a situação de cada município e destacaram, por unanimidade, que o governo de Carlos Moisés foi atuante e presente na região, valorizando e impulsionando o crescimento dos municípios. Diante da certeza da absolvição e considerando o trabalho efetivo do governador, prefeitos e vices manifestaram apoio ao retorno de Moisés.

“O processo de afastamento é democrático. A polícia federal e a PGR, em seus relatórios, inocentaram e afastaram qualquer possibilidade do governador estar envolvido. Acreditando na seriedade de Moisés, nós prefeitos e ordenadores estamos torcendo para o seu retorno para que o Estado, e principalmente o Vale do Araranguá, continue o desenvolvimento”, frisa o prefeito Evandro Scaini.

Estiveram reunidos e manifestaram apoio:

  • Prefeito de Balneário Arroio do Silva – Evandro Scaini (PSL);
  • Vice-prefeito do Arroio – Carlos Scarsanella (PSL);
  • Presidente da Câmara de Vereadores do Arroio – Vanderlei de Souza (PSL);
  • Prefeito de Araranguá - César Cesa (MDB),
  • Prefeito de Balneário Gaivota - Everaldo dos Santos (PSDB);
  • Vice-prefeito de Balneário Gaivota - Jonata Coelho dos Santos (PSL);
  • Prefeito de Ermo - Paulo Della Vecchia (MDB);
  • Ex-prefeito do município de Ermo - Aldoir Cadorin (PSD);
  • Prefeito de Morro Grande - Clélio Daniel Olivo, Kéio (PP);
  • Prefeito de Santa Rosa do Sul - Almides Roberg Silva da Rosa (PSDB);
  • Prefeito de Praia Grande – Elisandro Pereira Machado, Fanica (PP);
  • Prefeito de Passo de Torres - Valmir Augusto Rodrigues – (PP).

 

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp