0 OCP conversou com os prefeitos da região sobre os efeitos da paralisação dos caminhoneiros para as cidades do Vale do Itapocu. Confira:

Antídio Lunelli (MDB), prefeito de Jaraguá do Sul

"A questão da reivindicação dos caminhoneiros, como foi dada no início, ela é mais do que justa, só que eu diria que a partir do momento que o governo federal também atendeu às negociações, àquilo que a classe pediu, eu acho que as poucos deveria se retornar a normalidade porque o prejuízo que nós iremos pagar, também toda a população, essa conta será muito alta.

Eu me refiro também principalmente às questões das exportações, onde que nós precisamos trabalhar durante muitos e muitos anos para conseguirmos fazer frente ao mercado, para conseguirmos mostrar nossa capacidade, nossa qualidade para conquistarmos o mercado externo, e hoje nós estamos deixando de cumprir os contratos de exportação.

Isso custará muito caro para Santa Catarina e para todo o país. Aos poucos deveriam retornar aos seus trabalhos, e aí nós teremos logo as eleições e o povo brasileiro poderá se manifestar através do voto e oxalá que a gente consiga ter um novo governo, em que exista a governabilidade que é o que não esta acontecendo hoje, neste momento".

Luís Chiodini (PP), prefeito de Guaramirim

Chiodini considera o movimento justo | Foto Arquivo OCP News
Chiodini considera o movimento justo | Foto Arquivo OCP News

“Considero [a greve] justa porque é direito do cidadão demonstrar sua indignação, já que muito disso é fruto de tudo que a gente viu até agora no cenário político, principalmente no último ano.

Ficou clara forma como era administrado o dinheiro do povo, principalmente no que se refere a combustíveis e petróleo, e isso gera margem para o descontentamento geral.

Politicamente para o governo isso não é bom, ainda mais em ano de eleição, mas ele deve ter cautela e tranquilidade para administrar a situação e jogar com transparência com os responsáveis pela paralisação.

Tudo que for acordado agora com as entidades tem que ser muito bem pensado para que no futuro não ocorra algo duas vezes pior, porque o povo brasileiro não consegue mais arcar com todas as despesas”.

Armindo Sésar Tassi (MDB), prefeito de Massaranduba

Tassi apoia a manifestação da categoria | Foto Arquivo OCP News
Tassi apoia a manifestação da categoria | Foto Arquivo OCP News

“A prefeitura de Massaranduba apoia a mobilização dos caminhoneiros, é uma reivindicação justa, tem o apoio também da população, mas é preciso responsabilidade para não deixar faltar o essencial à população. Mas acho que todos temos que fazer nossa parte, como a população está fazendo, também se manifestando, independentemente de partido político”.

Osvaldo Jurck (PSDB), prefeito de Schroeder

Jurck torce para uma solução rápida | Foto Arquivo OCP News
Jurck torce para uma solução rápida | Foto Arquivo OCP News

“Chegou-se momento que alguma coisa precisa ser feita, acho que lá em Brasília estão vendo que o que acontece lá tem impacto nos municípios, afeta todos nós. Esperamos que aos poucos volte à normalidade, alguns acordos já foram feitos.

E tem que ver não só a greve, mas ver as consequências disso depois. Estamos torcendo para que chegue a uma solução rápida porque no curto, médio prazo nós vamos ter impactos, menos produtividade, cai a arrecadação federal e também o que os municípios arrecadam”.

João Carlos Gottardi (PP), prefeito de Corupá

Gottardi concorda com o movimento | Foto Arquivo OCP News
Gottardi concorda com o movimento | Foto Arquivo OCP News

“Eu acho muito importante, parabéns aos caminhoneiros brasileiros e à população também que se manifestou nesse fim de semana, também participei a convite de movimento apartidário, declarando apoio.

Eu acho que esse governo tem que ser pelo menos inteligente de sentar e negociar, é um governo que está aí todo atrapalhado, que cada vez está cortando mais recursos para os municípios, está sobrando para nós prefeitos todo o caos desse país, é um governo federal que até agora não demonstra saber negociar, então essa greve é por causa disso.

Espero que ele tenha inteligência e converse e diminua um pouco os impostos em cima dos combustíveis, que vai ajudar sim não só os caminhoneiros mas como toda a população brasileira”.

Quer receber as notícias no WhatsApp? 

Região de Jaraguá do Sul. Clique aqui

Região de Joinville. Clique aqui

Região de Florianópolis. Clique aqui