Infraestrutura, saúde e educação estão entre as prioridades dos prefeitos da microrregião para 2019. Com obras e convênios em andamento, prefeitos esperam a conclusão e também início de novos projetos ainda neste ano, que marca o começo da segunda metade dos governos municipais.

Para Jaraguá do Sul, as três prioridades do prefeito Antídio Lunelli (MDB) se concentram inicialmente em obras e projetos de infraestrutura.

A primeira apontada pelo mandatário é a continuação das obras da Via Verde, com o prolongamento da rua Rinaldo Bogo - formando o binário com a José Theodoro Ribeiro, no bairro Ilha da Figueira -, juntamente com as obras do parque, que já começaram.

Uma nova ponte, Ponte do Menegotti, próxima ao Samae, também é outra prioridade do governo, começando pela licitação do projeto executivo da obra – incluindo também as devidas indenizações -, para então lançar o edital de concorrência para a construção da estrutura.

Já a terceira prioridade, continua o prefeito, é a revitalização da rua Bertha Weege, juntamente com as obras de melhoria no sistema de esgoto.

A revitalização da rua fica a cargo da Prefeitura, enquanto as obras do esgoto serão de responsabilidade do Samae, com recursos de financiamento com o BNDES.

Guaramirim

Para 2019, o prefeito de Guaramirim, Luís Chiodini (PP), tem como prioridade marcar o ano como o de grandes conquistas para o município. “Um ano de grandes obras, devido à comemoração dos 70 anos de Guaramirim”, destaca o prefeito.

Chiodini diz que o governo deve trabalhar principalmente em cima dos eixos elementares da administração sustentável, que são a infraestrutura, saúde e educação.

Na infraestrutura, a pavimentação da estrada Bananal do Sul é uma das prioridades, também pela economia dos recursos aplicados na manutenção da estrada.

“O gasto com minerais, maquinários, mão de obra, é muito grande. Esse dinheiro poderemos utilizar em ruas menores ou até reinvestir na saúde e educação, assim como dar início a outras obras que são demandas antigas, como [a pavimentação] da estrada Jacu-açu”, complementa Chiodini.

Na saúde, a expectativa é a ampliação dos serviços, desde o aumento no horário de atendimento de postos de saúde, principalmente do Centro, até mesmo a ampliação de especialidades médicas do AME (Ambulatório Municipal de Especialidades).

O lugar vai passar de 16 especialidades para 20 e terá aumento no número de médicos. A intensificação nas vacinações e dos mutirões também estão dentro das prioridades.

Na educação, o foco será na construção e ampliação de novos espaços, para atender a demanda crescente por vagas no ensino municipal.

“Hoje nós temos destinado para esse ano a nova escola Dorvalino Felipe, que vai ampliar o número de salas, de quatro vai para 12 salas, aqui no centro da cidade, com quadra e ginásio coberto; também a construção do ginásio da escola Iaro Eugenio Hansch e ampliação da escola Alice Olinger Dias, no Tibagi, essas são as reformas maiores que vamos fazer”, anuncia o prefeito.

Schroeder

Em Schroeder, o prefeito Osvaldo Jurck (PSDB) aguarda a assinatura de convênios, tanto com o BRDE, do Prodetur, como do Avançar Cidades, pela Caixa Econômica Federal.

Com os convênios, o governo investirá na pavimentação asfáltica das ruas que fazem as ligações entre bairros. Obras complementares de infraestrutura para a pavimentação das vias também serão feitas.

Na Educação, o prefeito destaca a conclusão da construção do centro de educação infantil no bairro Itoupava-Açu, cujas obras estão “na reta final”, pontua Jurck, assim como a reforma e ampliação do centro de educação infantil do bairro Tomaselli.

Mas a maior expectativa é para a entrega da escola Emílio da Silva, prevista para fevereiro, com o início do ano letivo.

“É uma escola para 600 alunos, do projeto do FNDE [Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação], é uma escola grande, a maior obra do nosso município”, salienta o prefeito.

Já na área da saúde, Jurck anuncia a intenção de colocar em funcionamento no segundo semestre um pronto atendimento médico 24 horas, no Centro.

Ele explica que o governo já vem trabalhando com horário estendido na unidade de saúde central, com atendimento até às 22 a 23 horas.

“Está praticamente tudo certo, só alguns pequenos ajustes, uma concessão nova e, lógico, ainda estamos vendo de que maneira, como vai ser, mas a ideia é iniciarmos no segundo semestre”, reforça o mandatário.

Massaranduba

O prefeito de Massaranduba, Armindo Sésar Tassi (MDB), também destaca como as três prioridades para 2019 obras em infraestrutura. A primeira, a conclusão da construção do binário no Centro do município, com as obras complementares de infraestrutura, como drenagem.

Também é esperada a pavimentação asfáltica da via de ligação entre o bairro Primeiro Braço e a rodovia SC-415. A terceira prioridade é a reforma do complexo esportivo da cidade, com a construção da Casa do Colonizador.

O prefeito ressalta que o nome do espaço ainda será definido, mas o propósito será proporcionar um local para que os produtores possam vender seus produtos agrícolas.

“O projeto está pronto e a expectativa é lançar a licitação em fevereiro. Serão investidos R$ 1,5 milhão, e os recursos já estão garantidos”, afirma o prefeito.

Corupá

Em Corupá, as três prioridades para 2019 serão na área de educação, pavimentação e estímulo ao desenvolvimento econômico. Começando pela educação, o prefeito João Carlos Gottardi (PP) diz que vai continuar investindo na melhoria do ensino, com a ampliação do sistema positivo na rede municipal.

Além disso, três novas salas de centros de educação infantis serão criadas, sendo uma no centro infantil Franz Dorn, do bairro Ano Bom, e duas salas no centro infantil Gertrudes Steffen, no bairro João Tozzini.

Na questão de infraestrutura, a prioridade do ano é conseguir os recursos para pavimentações pelo programa Avançar Cidades, estimados em R$ 5 milhões.

E na área do desenvolvimento econômico, o prefeito anuncia que em 2019 e 2020 irá trabalhar o programa Cidade Empreendedora, em parceria com o Sebrae.

“É um programa para incentivar o empreendedorismo, tanto para novos empreendimentos – por meio do trabalho que será feito nas escolas -, como também para os negócios que já existem, dando suporte para quem já está instalado”, revela o prefeito.

O programa contará com técnicos do Sebrae monitorando e fazendo um mapeamento da cidade, e irá envolver também as associações empresariais e comerciais do município.

 

Quer receber as notícias no WhatsApp?