O prefeito Antídio Aleixo Lunelli comandou, na tarde desta quinta-feira (20), mais uma reunião do Conselho Consultivo da Prefeitura de Jaraguá do Sul. O encontro foi presencial, no Centro de Inovação.

Com as presenças dos conselheiros e secretários municipais convidados, a reunião começou com uma breve apresentação do Centro de Inovação, feito pelos gestores do Novale Ub.

Em seguida, o secretário municipal de Planejamento e Urbanismo, Eduardo Bertoldi, destacou as principais ações da Diretoria de Trânsito e Transportes na busca de ainda mais melhorias para o sistema local de mobilidade urbana. Apresentando os números da frota de veículos emplacados no município, que é de 126.753 veículos atualmente, e o constante crescimento desta frota – seis mil emplacamentos por mês –, Bertoldi acrescentou que existem mais de 88 mil pessoas com CNH em Jaraguá do Sul, ou seja, habilitadas a dirigir.

Segundo a secretaria, a geografia do vale cortado por rios acaba dificultando as estratégias de mobilidade urbana, como a abertura de contornos e de vias de ligação entre os bairros, o que exige um esforço ainda maior no planejamento das ações. Outro complicador é o grande número de acidentes de trânsito registrados no município.

Após a explanação do secretário de Planejamento e Urbanismo, foi a vez da Secretaria Municipal de Assistência Social e Habitação apresentar os programas e trabalhos desenvolvidos. O secretário André de Carvalho Ferreira explicou os objetivos, leis e resoluções que permeiam o trabalho dos profissionais que atuam no setor e de acordo com os parâmetros nacionais de assistência social.

Os dados que mais chamaram a atenção estão realizados ao atendimento às famílias e pessoas em situação de vulnerabilidade social no período da pandemia do novo coronavírus, que mudou a realidade de muitas famílias jaraguaenses e trouxe para cá pessoas de outras regiões em busca de melhores condições de vida.