O prefeito de Jaraguá do Sul Antídio Lunelli (MDB) assinou decreto nesta segunda-feira (20) reduzindo o próprio salário e o do vice Udo Wagner em 50%.

Além disso, o salário dos secretários terá corte de 25% e dos demais ocupantes de cargo comissionado de 15%. Outra decisão foi o corte de 30% nos valores das funções gratificadas. A medida é válida por 60 dias e representará um total de R$ 742.412,22 (R$ 371.206,11 ao mês).

Lunelli afirma que tomou a decisão por acreditar que todos terão que dar sua parcela durante a crise.

“Acredito ser um gesto importante neste momento. A crise causada por essa pandemia exige sacrifício de todos. Cabe ressaltar que não estamos mexendo no salário dos servidores efetivos, apenas dos cargos comissionados e no valor da função gratificada. Volto a pedir que cada um faça a sua parte para que a gente consiga sair mais cedo dessa situação e mais fortes”, disse Lunelli.

Os recursos servirão para dar suporte às ações de Saúde e Assistência Social.

 

*Com informações da Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Jaraguá do Sul

 

Quer mais notícias do Coronavírus COVID-19 no seu celular?

Mais notícias você encontra na área especial sobre o tema:

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Telegram Jaraguá do Sul