Uma comitiva de Barra Velha esteve nesta terça-feira (28) em Brasília (DF) para cobrar a liberação de recursos para a revitalização de pontos da orla e turísticos da cidade. O prefeito Valter Zimmermann (DEM), o procurador do município Rafae Michereff e do secretário de Saúde Ronnye Nasser Santos se reuniram com o ministro do Turismo Vinícius Lummertz e pelo deputado federal Mauro Mariani (MDB).

Com o ministro, o prefeito buscou o deferimento de projetos protocolados no primeiro semestre deste ano. Entre eles está o projeto de revitalização Beira Lago, revitalização da Praia do Grant, Beira Mar Tabuleiro e Portal Turístico.

O ministro do Turismo falou das dificuldades que o setor enfrenta, mas que vai tentar cumprir com alguns dos pedidos feitos pelo prefeito.

Valter Zimmermann deve cumprir agenda em Brasília até quinta-feira, dia 29. A bancada barra-velhense segue para o Ministério da Saúde onde vai tentar a certificação do Caps (Centro de Atenção Psicossocial) para que a instituição receba recurso mensal do governo Federal. Atualmente, o serviço é mantido com recursos próprios do município, com a certificação o órgão terá repasse mensal de recursos federais.

No Supremo Tribunal Federal, Zimmermann e o procurador Rafael Michereff vão acompanhar, junto aos prefeitos e procuradores de outros municípios, a sessão de julgamento da ACO 444, que tramita desde 1991. A ação discute a retificação de demarcação do limite interestadual marítimo entre Santa Catarina e Paraná para fins de distribuição de royalties a título de indenização aos estados e municípios devido à exploração de poços de petróleo. Com a nova demarcação, Barra Velha passará a receber royalties e consequentemente terá aumento na Receita.

*Windson Prado com informações de assessoria de imprensa

Quer receber as notícias no WhatsApp?