O prefeito de Jaraguá do Sul, Antídio Aleixo Lunelli, viaja para Brasilia nesta terça-feira (21) para diversos compromissos na busca de recursos para o município. Entre as reuniões já confirmadas, está a assinatura de um Termo de Compromisso com a Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil, do Ministério da Integração Nacional, no valor de R$ 1.087.500,00, que serão utilizados em duas importantes obras de prevenção de cheias. As obras previstas são o enrocamento nas duas margens do Rio Jaraguá, no trecho aos fundos do Beira-Rio Clube de Campo e a implantação de duas novas galerias na Ponte Tavares Sobrinho, na Rua Coronel Procópio Gomes de Oliveira, além de enrocamento naquele trecho. “São obras importantes, pois irão evitar o escorregamento de taludes e aumentarão a vazão do rio, que hoje sofre com o represamento em alguns trechos, o que pode causar alagamentos nas áreas próximas”, afirma o prefeito. Ao lado do Secretário de Administração, Argos José Burgardt e do Gerente de Gestão de Projetos e Captação de Recursos, Antônio Carlos da Luz, o prefeito irá até a Corporação Andina de Fomento (CAF), verificar o andamento do financiamento internacional para obras de infraestrutura no município, assim como também irá no Ministério do Planejamento, para verificar o andamento da etapa de habilitação do município para obter o aval neste importante financiamento. No Ministério das Cidades, Lunelli terá reunião para tratar do andamento do Programa Avançar Cidades, onde o município já se habilitou para receber recursos de financiamento no valor de R$ 30 milhões de reais através da Caixa Econômica Federal. Estes recursos também serão aplicados em obras de infraestrutura viária para melhorar a mobilidade urbana atual. Outras reuniões devem ocorrer no Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), no Ministério do Desenvolvimento Social (MDS) e no Ministério do Esporte (ME). As visitas foram intermediadas pelo deputado federal Mauro Mariani e pelo senador Dário Berger. Para o prefeito, os poucos recursos próprios tornam os pleitos de investimentos federais fundamentais para a realização de obras. “Já temos vários pleitos junto ao Governo do Estado, e agora estamos indo pela terceira vez à Brasília, para lá também pleitear junto aos nossos parlamentares, que são nossos representantes, e junto aos Ministérios, recursos para execução de obras em diversos setores. O que estamos pedindo, na realidade, é uma parte de todo um montante que o município envia para lá em impostos”, completou Lunelli. *Com informações da assessoria de gabinete do prefeito