A ponte Antônio Ribeiro, mais conhecida como Ponte do Trabalhador, receberá a concretagem do primeiro trecho da mureta de proteção da nova rede de água que o Serviço Autônomo Municipal de Água e Esgoto (Samae) de Jaraguá do Sul está instalando.

Para execução da obra, será necessária a interdição parcial da ponte, especialmente na pista de acesso ao bairro Ilha da Figueira, onde ficará o caminhão betoneira. A interdição será a partir das 8h deste sábado (28), e deve durar aproximadamente uma hora.

A mureta de concreto armado, terá 50 centímetros de altura, entre o passeio público e a pista de rolamento. Desde o começo da semana, a empresa vencedora da licitação, GKF Engenharia de Obras, interditou a passagem de pedestres no sentido Vila Lalau/Ilha da Figueira.

A estrutura para proteger a adutora de 250 milímetros ocupará um espaço de 50 centímetros da ponte, e terá extensão de 220 metros. De acordo com o cronograma de trabalho apresentado pela empresa ao Samae, serão necessárias ao menos quatro interdições parciais da pista, com desvio do trânsito para a ciclofaixa, devido à concretagem da mureta, em vãos de 60 metros cada.

Obras integram o PAS

A implantação da rede de reforço de água para abastecer o Bairro Ilha da Figueira integra o Plano de Ampliação de Saneamento (PAS). A maior parte da tubulação é de PVC de 250 milímetros, sendo que a extensão total desta nova adutora é de 1.408 metros, com investimento de R$ 640 mil.

As obras começaram dia 31 de julho e a rede fará a ligação do Reservatório R3, localizado na Rua Heinz Barg (morro da KG Motos, na Vila Baependi), com a Estação de Recalque de Água Tratada (ERAT), já existente na Rua Henrique Krause, no Bairro Ilha da Figueira.

O presidente do Samae Ademir Izidoro, explica que o objetivo desta nova adutora é reforçar o abastecimento de água e diminuir os riscos de vazamentos e as ocorrências de falta de água na Ilha da Figueira.

"Esta é mais uma obra que está dentro do nosso planejamento para reduzir as perdas de água tratada no município", comenta.

 

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Telegram

Facebook Messenger