O presidente Jair Bolsonaro declarou na manhã desta quinta-feira (4) durante uma reunião com integrantes da Frente Parlamentar da Agropecuária, ministros e líderes do governo que os policiais nunca tiveram privilégios no Brasil e fez um apelo para que sejam atendidas pelo menos em parte as reivindicações no texto da reforma.

“Apelo aos senhores nessa questão específica, vamos atender que, seja em parte, porque os policiais militares são aqueles que dão suas vidas por nós, todos brasileiros. O mesmo no tocante a Polícia Federal e Polícia Rodoviária Federal. Tem algum equívoco que nós, eu, governo, erramos, e dá pra resolver essa questão através do bom senso de todos os senhores”, disse aos presentes.

Segundo Bolsonaro, há um discurso equivocado de que os policiais têm privilégios. “São pessoas aliadas nossas e também nunca tiveram privilégio no Brasil”, disse.

Em seguida, em discurso na cerimônia de posse do general Luiz Eduardo Ramos Baptista Oliveira na Secretaria de Governo da Presidência da República, Bolsonaro reiterou o apelo. “Alguns poucos falam em privilégios. A certeza que tenho que em sendo policial militar, é uma classe que nunca teve privilégio em momento nenhum”. O presidente disse que é preciso acertar a questão das polícias.

Com informações Agência Brasil

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito: 

WhatsApp  

Telegram  

Facebook Messenger