Plenário | Carnês de IPTU serão distribuídos na próxima semana em Jaraguá do Sul

Foto Eduardo Montecino/OCP Foto Eduardo Montecino/OCP

Política

Por: Patricia Moraes

sexta-feira, 11:47 - 02/02/2018

Patricia Moraes
Os carnês de IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano) já estão sendo impressos e devem começar a ser distribuídos na próxima semana; na mesma data, o boleto estará disponível na internet. A previsão é do secretário da Fazenda da Prefeitura de Jaraguá do Sul, Marcio Erdmann. Segundo ele, houve um acréscimo no número de cadastros; eram 59.406 no ano passado e agora são 61.047 carnês. Além disso, com a atualização na planta de valores e mudanças nas alíquotas, o lançamento do imposto teve um aumento considerável, mais de 35%. São R$ 49,221 milhões lançados este ano contra R$ 36,201 milhões do ano passado, já descontada a taxa de lixo que até 2017 era cobrada com o IPTU. Receba as notícias via whatsApp. Clique aqui para fazer fazer do grupo OCP News Juntamente com a entrega dos carnês, o governo prevê uma campanha de esclarecimento à população com folders e anúncios nos jornais, portais, redes sociais e rádios. O objetivo é explicar como os novos cálculos foram feitos mostrando exemplos das distorções que existiam e de lambuja tentar diminuir às críticas entre a população. O material deve lembrar também que este é um imposto que fica diretamente no caixa da Prefeitura para ser investido em melhorias. O desafio é conseguir fazer a população entender e apoiar a revisão de valores, mesmo entre a parcela que sentirá a diferença no bolso. Segundo o diretor de Comunicação, Giovane Mazzini, o 0800 do setor de Tributação também será amplamente divulgado para quem quiser tirar dúvidas. Os cálculos anunciados pelo governo apontam que cerca de 20 mil contribuintes devem ter aumento entre 20% a 50% no valor final do IPTU; outros sete mil devem ter redução. A maioria ficará entre 1% a 20%. O aumento de mais de 400%, informação repetidamente utilizada pela oposição, é exceção e envolve distorções gritantes, garante Erdmann. Com a mudança e expectativa de um número considerável de questionamento dos contribuintes, a cobrança do IPTU foi adiada para 12 de março. No setor de tributação haverá uma força-tarefa para prestar esclarecimentos. EX-PREFEITO HOMENAGEADO  A Câmara de Vereadores aprovou nesta quinta-feira (1º), na primeira sessão do ano, projeto de lei de autoria de Jackson Ávila (PMDB) que denomina via no bairro Barra do Rio Molha de rua Prefeito Durval Vasel. A família acompanhou a votação. Na foto, o filho Durval Vasel Junior, a viúva Maria Luiza, a neta Laya, a filha Viviane e o neto Valentin. Vasel foi duas vezes prefeito do município e deputado estadual. Foi filiado ao PTB e ao PMDB.
Família do ex-prefeito Durval Vasel | Foto Eduardo Montecino/OCP
LUNELLI SE LICENCIA  A Câmara aprovou nesta quinta projeto que autoriza o prefeito Antídio Lunelli (PMDB) a sair de licença não remunerada por 10 dias. Quem assume o comando do município hoje até o dia 12 de fevereiro é o vice Udo Wagner (PP), o que afasta a possibilidade de rompimento na base do governo, hipótese levantada quando o pepista deixou a Secretaria de Desenvolvimento Econômico, no apagar das luzes de 2017. MUDANÇAS NAS SESSÕES  Nas próximas semanas, o novo presidente da Câmara Anderson Kassner (PP) deve dar início às mudanças nas sessões. Na sessão de quinta, foram mais de quinze minutos para leitura de correspondências e das indicações. Kassner diz que o modelo afasta o interesse da comunidade. NOVO SECRETÁRIO O retorno oficial dos trabalhos na Prefeitura de Jaraguá do Sul foi marcado pela nomeação do novo secretário de Desenvolvimento Econômico. O escolhido foi Domingos Zancanaro, uma indicação do PP que leva a assinatura do vice-prefeito Udo Wagner, ex-titular da pasta. Wagner diz que a partir de agora pretende ter uma atuação mais próxima da administração geral. Zancanaro acumula experiências no setor público, foi, inclusive, um dos braços direitos da ex-prefeita de Florianópolis, Angela Amin, e ajudou a fazer da capital do Estado referência no cultivo, gastronomia e exportação de ostras e mariscos. ANA AMÉLIA LEMOS VOLTA A JARAGUÁ EM MARÇO  Por intermédio do ex-prefeito Dieter Janssen (PP), a senadora progressista Ana Amélia Lemos, do Rio Grande do Sul, voltará a Jaraguá em março para participar de uma plenária da Associação Empresarial. A última vez que a jornalista esteve na cidade foi na campanha de 2012 quando participou de ato em defesa da eleição de Dieter. O interesse dos associados da Acijs é saber o que tem a dizer a gaúcha sobre ter recebido no ano passado o título de senadora destaque do país. O ranking, elaborado pelo site políticos.org, avalia a produção legislativa, controle dos gastos, combate à corrupção, assiduidade, votos em temas importantes para o país e outras questões como não responder a processos judiciais. A reunião na Associação Empresarial não terá viés partidário, mas o PP deve aproveitar a oportunidade para lembrar as semelhantes entre Dieter e Ana Amélia. No auge da crise econômica, que obrigou o governo a fazer diversos cortes, Dieter doou 30% do próprio salário para o fundo municipal de saúde. Também deixou a administração sem responder processos e conseguiu ter as contas de 2016, - o ano caótico para administração pública -, aprovadas pelo Tribunal de Contas do Estado. PRÉ-CAMPANHA EM FEVEREIRO  Dieter Janssen diz que depois do carnaval dedicará ao menos dois dias por semana para reuniões com correligionários e para percorrer outras cidades dentro e fora do Vale do Itapocu. Até abril, o ex-prefeito quer sentir o ‘clima’ nas ruas para depois bater o martelo sobre sua candidatura à Assembleia Legislativa. Uma das questões que serão avaliadas é o número de candidatos que serão lançados em Jaraguá do Sul e região. Se o PMDB cumprir o acordo firmado na eleição municipal, de não lançar candidato e apoiar o pepista, Dieter deverá estar na disputa. Nos cálculos do ex-prefeito, para garantir vaga, é necessário sair daqui com 25 mil a 30 mil votos. EM FOCO  -Desde quinta-feira quem responde pelo diretório estadual do PP é o deputado estadual Silvio Dreveck. Como acordado na convenção do ano passado, Esperidião Amin pediu licença. A partir de agora foco total nos encaminhamentos políticos para as eleições. - “Não há duelo. Ele faz um governo medíocre em Joinville, não tem vida política nenhuma, só tem a favor a aura de empresário e de combater a corrupção”. Resposta de alguém próximo ao deputado federal Mauro Mariani sobre como Mariani avalia a possível disputa com Udo Döhler para indicação do PMDB à candidatura ao governo do Estado. - Anselmo Ramos deve ser o substituto de Giuliano Donini na presidência da Acijs. A assembleia de eleição ocorre no próximo dia 19 e a posse da nova diretoria no dia 13 de março. Donini teve uma atuação marcante na Acijs, participando sempre dos debates relevantes para o município; mesmo quando a tarefa não foi simples. - Buscando possíveis filiados e simpatizantes, o Partido Novo fará na próxima quinta-feira uma apresentação dos ideais da sigla. O evento ocorrerá a partir das 20h no Blue Chip. -No PSD não há nome definido para buscar uma vaga de deputado estadual pela região. Os cotados são Jair Pedri e Arlindo Rincos. Rincos, entretanto, diz que não tem interesse. - E por falar em Rincos, ainda não há decisão judicial sobre a continuidade ou arquivamento da comissão processante aberta pela Câmara contra ele. O Ministério Público se manifestou pelo arquivamento. - Deve mudar de ninho. Durval Vasel Junior adiantou à coluna ontem que irá deixar o PSDB. O destino ainda não foi definido. O interesse dele é em uma vaga na Câmara no pleito de 2020. O REENCONTRO  Exatamente um mês após deixar a Secretaria de Estado da Saúde, o deputado estadual Vicente Caropreso (PSDB) teve o primeiro encontro com o governador Raimundo Colombo. Ontem, na Casa da Agronômica, o parlamentar acompanhou um grupo com mais de 20 pessoas do município de Navegantes para pedir ao governador a liberação de R$ 1,2 milhão para o hospital do município. O encontro dos dois foi amistoso e com agradecimento por parte do governador, pelo empenho do jaraguaense frente à pasta.
×