Plenário | Anselmo Ramos é confirmado na presidência da Acijs

Plenário | Anselmo Ramos é confirmado na presidência da Acijs Plenário | Anselmo Ramos é confirmado na presidência da Acijs

Política

Por: Patricia Moraes

terça-feira, 10:53 - 20/02/2018

Patricia Moraes
A assembleia para eleição da nova diretoria da Associação Empresarial de Jaraguá do Sul confirmou nesta segunda-feira Anselmo Ramos na presidência. Ele substituirá o empresário do ramo têxtil, Giuliano Donini, depois da posse marcada para o dia 13 de março. Anselmo é engenheiro mecânico, empresário do ramo imobiliário, atua na Acijs desde a década de 90, foi presidente Pró-Jaraguá por uma década, e é membro da associação do parque tecnológico e de inovação do município, entre outras atividades. Ele terá o desafio de manter o protagonismo da Associação Empresarial em debates relevantes para o associativismo e para o futuro do município. Tarefa que foi desenvolvida com muita eficiência por Giuliano Donini, que declarou à coluna no início deste ano que a entidade não tem a pretensão de fazer com que todos os seus apontamentos sejam tirados do papel pelo poder público, mas que sim é um dever se manifestar e participar. Donini é um dos nomes do Movimento Brasil 200 anos, idealizado pelo CEO da Riachuelo, Flávio Rocha, crítico do que chama de “empresários-moita”, que não se manifestam abertamente sobre política e assuntos de interesse público. Esse definitivamente não é o caso da classe em Jaraguá do Sul. Na prestação de contas da diretoria dos últimos dois anos, feita ontem, alguns dados chamam a atenção, o setor empresarial foi responsável pelo aporte direto de R$ 3,7 milhões no Hospital São José, que é administrado por um conselho da associação; a entidade também tem um representante no conselho do Hospital Jaraguá; tem programas específicos para impulsionar a educação no município, como o Professor Nota Mil, além disso, tem uma atuação constante em defesa dos Bombeiros Voluntários e na árdua luta pela duplicação da BR-280. A atual diretoria também acompanhou as sessões da Câmara e indicou um representante para cada um dos 21 conselhos municipais; mostrando que a atuação do setor vai além de gerar riqueza e emprego. Não por acaso, no ano que completa oito décadas, a entidade lançou ontem um novo selo e campanha com o manifesto: Acijs, 80 anos de história associando Jaraguá do Sul ao futuro. Dieter no Planalto Norte O ex-prefeito de Jaraguá do Sul e pré-candidato a deputado estadual, Dieter Janssen (PP), iniciou no fim de semana roteiro pelos municípios catarinenses. Realizou reuniões com correligionários para apresentar seu projeto ao legislativo catarinense. A agenda começou pelo planalto Norte. Dieter passou por Porto União, Irineó- polis, Bela Vista do Toldo, Canoinhas, Três Barras, Papanduva e Itaiópolis.
Agenda de Dieter Janssen (PP) começou pelo planalto Norte | Foto Divulgação
Novos rumos para o hospital Santo Antonio A partir desta terça-feira (20) o Hospital Santo Antonio, de Guaramirim, tem novo diretor. Jocélio Voltolini, que estava cedido sem custos pelo governo do Estado, deixa a função sendo substituído por Jackson Testoni. Entre os desafios do novo diretor, que tem salário de R$ 9 mil, está a de aumentar a capacidade de atendimento da unidade e equilibrar as finanças. O projeto do prefeito Luís Chiodini (PP) de conceder a administração da unidade a uma Organização Social está engavetado porque a concorrência aberta no ano passado não teve interessados. Preocupado com a situação, Chiodini enviou uma carta à Fecam relatando as dificuldades do município administrar um hospital e pediu apoio na reivindicação para que a estrutura possa atender convênios e particular como foram de equilibrar o caixa. A Prefeitura injeta no hospital cerca de R$ 900 mil ao mês, sendo que apenas R$ 90 mil em média vêm do SUS. LEIA MAIS: Organizações não apresentam proposta de gestão ao Hospital Santo Antônio, em Guaramirim Registro ponto Prefeito Antídio Lunelli (MDB) comemora que depois de um ano a administração conseguiu interligar o ponto dos cerca de quatro mil servidores ao RH. Parece uma coisa simples, mas no setor público as complicações se proliferam. Em foco
  • Na plenária da Acijs, na segunda-feira, o prefeito Antídio Lunelli e o secretário de Desenvolvimento Econômico do Estado Carlos Chiodini assinaram a regulamentação da lei do programa SC Bem Mais Simples, que desburocratiza a abertura de empresas de baixo risco no município.
  • Vereadores de Guaramirim reclamam do secretariado do prefeito Luís Antônio Chiodini (PP). Dizem que muitos do primeiro escalão sequer atendem ao telefone. No Paço, a ordem é dar retorno aos parlamentares, imprensa e à comunidade.
  • Leitor da coluna, Francisco Salomon lembra outro problema do governo Raimundo Colombo (PSD) na região. O Cedup, depois de mais de seis anos de obras e R$ 10,6 milhões de investimentos, até hoje continua fechado.
  • Jaraguá do Sul ficou de fora da região metropolitana de Joinville. Lideranças da cidade viam a possibilidade com ressalva, já que o município poderia ficar ainda mais refém. O projeto de lei enviado à Assembleia Legislativa prevê que farão parte Joinville, Araquari, Balneário Barra do Sul, Campo Alegre, Garuva, Itapoá e São Francisco do Sul.
  • Prefeito de Massaranduba, Armindo Sesar Tassi (MDB) está em Brasília. Corre com uma comitiva de vereadores para garantir emendas ao município. A janela das indicações fecha nesta semana.
  • A Prefeitura de Guaramirim firmou convênio com os Bombeiros Voluntários. O repasse ao ano será de R$ 390 mil e prevê prestação de serviços de prevenção e controle a incêndios, atendimento de emergência pré-hospitalar, resgate busca e salvamento, prestação de socorro em casos de inundações, desabamentos, catástrofes e calamidades públicas.
Quer receber as reportagens do OCP Online no WhatsApp? Basta clicar aqui
×