Onésimo José Sell é o novo presidente do Serviço Autônomo Municipal de Água e Esgoto (Samae). O nome foi confirmado na manhã desta terça-feira (5), durante coletiva de imprensa ocorrida na sede da autarquia, no Bairro Água Verde, com as presenças do Procurador-Geral do Município Benedito Carlos Noronha, do Chefe de Gabinete João Berti, do secretário de Administração Douglas Antônio Conceição. Além de representantes dos veículos de comunicação, acompanharam a coletiva de imprensa os diretores e alguns servidores do Samae. Na tarde de ontem, Onésimo se reuniu com o prefeito, onde aceitou o convite.

Ao se pronunciar, Onésimo Sell, disse que está atendendo o pedido do prefeito Jair Franzner. “Sem dúvida eu analisei muito para aceitar a convocação do prefeito Jair, principalmente, pois estava em pré-campanha a deputado estadual e exercendo o mandato na Câmara de Vereadores confiado pelos eleitores que votaram em mim”, afirmou, acrescentando estar incomodado com a atual situação de ataques e o constrangimento que estão enfrentando servidores da autarquia.

“Vamos cessar todas essas questões, com muita seriedade e transparência, valorizando os servidores do Samae, que trabalharam para levar água potável de qualidade e manter em dia os serviços de saneamento no município”, disse ele. O novo presidente destacou ainda ser de extrema importância a continuidade das apurações.

“Vamos acelerar todas as sindicâncias, requisitar celeridade da análise dos contratos por parte da Secretaria de Transparência, selecionar e enviar todos os documentos e informações solicitadas pelo Ministério Público de forma imediata. Assumo o Samae para fazer o certo, para fazer o Samae ter sua imagem preservada, fazer economia de dinheiro público e, principalmente, levar serviço de qualidade aos munícipes da nossa Jaraguá do Sul. Estou aqui para dividir responsabilidades e multiplicar resultados”, finalizou.

A INDICAÇÃO

Onésimo José Sell é graduado em Administração em Gestão Empresarial; Pós-Graduado em MBA em Gestão Ambiental e Desenvolvimento Sustentável. Já atuou como diretor e secretário de Obras e Serviços Públicos na Prefeitura de Jaraguá do Sul e foi gerente Regional do Instituto do Meio Ambiente de Santa Catarina.

Por motivos de saúde, o prefeito Jair Franzner, não esteve presente na coletiva de imprensa na manhã desta terça-feira. Mas, fez questão de comentar as medidas adotadas pelo Município para apuradas as supostas denúncias de irregularidades no Samae e sobre o novo gestor. “Assim como o Presidente da República nomeia deputados para assumir Ministérios, eu preciso de gente de minha confiança, com pulso firme, com experiência e conhecimento técnico. Onésimo foi nosso Diretor de Administração da Prefeitura, Gerente do IMA e Secretário de Obras no mandato passado, é formado em administração e Pós Graduado em Estudos Ambientais. Por esses atributos e estando eu, muito triste com o que está acontecendo com o Samae, principalmente o que está acontecendo com os servidores aqui do Samae que estão sendo apontados na rua, no mercado e na própria família, eu, o convidei, e insisti para que ele aceita-se esse desafio”, disse o prefeito.

Franzner enfatizou ainda que pretende trabalhar com ainda mais sincronia com a nova gestão do Samae, e, principalmente, continuar entregando à comunidade um serviço de excelência.

“Vamos colaborar com todas as investigações, assim, como dar total ênfase às investigações que estão sendo feitas por nossa Secretaria Municipal de Transparência, Ministério Público e a própria Câmara de Vereadores. Vamos trabalhar e trabalhar muito, com seriedade e transparência, asssim como fiz em toda a minha vida”, finalizou.

INVESTIGAÇÕES

Antes da confirmação do nome do novo presidente, foram apresentadas as ações já em andamento por parte da Prefeitura de Jaraguá do Sul, por meio da própria autarquia e da Secretaria de Transparência e Integridade Pública, no sentido de apurador denúncias de supostas irregularidades na gestão.

De acordo com a Secretaria de Transparência e Integridade Pública, 42 contratos entre Samae e fornecedores estão sendo apurados junto à Secretaria. Além disso, há 14 sindicâncias em trâmite na própria autarquia, procedimentos adotados conforme orientação do Ministério Público e a instauração da CPI junto à Câmara de Vereadores. O Chefe de Gabinete, João Antônio Berti, explicou ainda que está sendo criado neste momento o Comitê Permanente de Monitoramento do Samae, com as participações de representantes da própria autarquia, da Secretaria de Transparência e Integridade Pública, Ordem dos Advogados do Brasil – subseção local, e Associação Empresarial de Jaraguá do Sul.