No primeiro dia de greve, caminhões da Comcap amanhecem com pneus furados em Florianópolis

Foto: Divulgação/PMF

Por: OCP News Florianópolis

12/03/2024 - 08:03 - Atualizada em: 12/03/2024 - 08:41

No primeiro dia de greve anunciado pelo Sintrasem, o sindicato dos servidores públicos municipais de Florianópolis, e antes mesmo da realização das assembleias que confirmariam o movimento dos trabalhadores, 34 caminhões, além de duas caminhonetes e um carro amanheceram com pneus furado no pátio da Comcap, nesta terça-feira (12). A Prefeitura está verificando nas câmeras do pátio da autarquia possíveis responsáveis.

Para o município, a greve é política, já que sequer findou negociação entre executivo e sindicato. A data-base dos servidores, anualmente, ocorre em abril. A Prefeitura já ingressou no Judiciário pela ilegalidade da greve para iniciar descontos de faltas e processo de demissão de grevistas.

Os servidores argumentam que estão em de data-base e que, segundo eles, o governo repõe as perdas da inflação, não recua das terceirizações e ainda ataca a categoria. Já na Comcap,o Sintrasem alega que o acordo coletivo que deveria ter sido renovado em novembro ainda não foi firmado. Para o sindicato, “o prefeito insiste em retirar salário e direitos dos trabalhadores mesmo com decisão judicial determinando o contrário”.

A assessoria de imprensa da prefeitura destacou, também, que em relação a Comcap, há um acordo entre as duas partes, no Judiciário, feito durante a greve do ano passado, de que não poderia ocorrer nova paralisação até abril deste ano.