Foto YinYang/istock
Foto YinYang/istock

O Governo de Santa Catarina lançou na última semana o mutirão de cirurgias de reconstrução mamária, com o objetivo de atender as pacientes que passaram pela mastectomia, mas não realizaram procedimentos para reconstrução de mamas pelo SUS.

Dados do Ministério da Saúde apontam que 2.334 mulheres catarinenses fizeram mastectomia entre os anos de 2014 e 2019, porém, apenas 346 fizeram a cirurgia de reconstrução. Neste ano, foram 29 procedimentos realizados.

O mutirão é fruto de uma parceria entre o Governo de Santa Catarina, por meio da Secretaria de Estado de Saúde (SES/SC), Hospital Universitário (HU), Associação Brasileira de Portadores de Câncer (AMUCC) e Conselho de Secretarias Municipais de Saúde de Santa Catarina (COSEMS/SC).

Pelo convênio, o HU começará a realizar 10 cirurgias de reconstrução de mamas por mês. A chamada será realizada pela AMUCC e secretarias municipais de saúde.

Em Corupá, a Prefeitura informa que as mulheres que necessitam da cirurgia e ainda não estão cadastradas no Sistema Nacional de Regulação (Sisreg) podem entrar em contato com a Secretaria Municipal de Saúde ou ainda pelo telefone (47) 3375-1234.

Além da Secretaria, outras informações podem ser obtidas com a AMUCC pelo e-mail filazero@amucc.org.br ou pelo telefone (048) 3025-7185.

A secretária de saúde Bernadete Hillbrecht acredita que este mutirão permite devolver a autoestima da paciente que passou pelo tratamento de câncer de mama e que, por decorrência do câncer, tiveram uma ou ambas as mamas retiradas ou mutiladas.

“É inegável este avanço, mas não podemos esquecer que a prevenção ainda é a melhor alternativa e procurar ajuda médica ao menor sinal suspeito, pode fazer toda a diferença”, destaca a secretária.

 

Fonte: Prefeitura de Corupá, Governo de SC.

 

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Telegram

Facebook Messenger