O Ministério Público Federal em Santa Catarina ajuizou nesta segunda-feira (14) uma denúncia contra o presidente da Assembleia Legislativa de Santa Catarina (Alesc), o deputado estadual Julio Garcia (PSD), que também é ex-conselheiro do Tribunal de Contas do Estado (TCE). A informação é do colunista Lauro Jardim, do Jornal O Globo.

 

 

Segundo a informação do colunista, a denúncia, que está no bojo da Operação Alcatraz, envolve também alguns familiares de Garcia e um empresário que atuava como seu operador financeiro. Eles são acusados de lavagem de dinheiro e os procuradores pedem à Justiça a devolução de R$ 2,3 milhões.

Ainda de acordo com as informações da coluna de Lauro Jardim, o presidente da Alesc é acusado de fraudes em licitações e em contratação de serviços, quando ocupava a função de conselheiro do TCE e não o mandato como deputado estadual.

 

* Com informações da Coluna Pelo Estado/SC Portais

 

 

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp