Moreira prioriza saúde em sua primeira ação como governador em exercício

Moreira prioriza saúde em sua primeira ação como governador em exercício Moreira prioriza saúde em sua primeira ação como governador em exercício

Política

Por: OCP News Jaraguá do Sul

segunda-feira, 04:00 - 19/02/2018

OCP News Jaraguá do Sul
O primeiro compromisso do governador em exercício, Eduardo Pinho Moreira, nesta segunda-feira, 19, foi na Secretaria de Estado da Saúde, onde esteve reunido com o secretário Acélio Casagrande, o adjunto Marcelo Lemos dos Reis e equipes responsáveis por alguns setores da área. Moreira, que recebeu o detalhamento de alguns serviços, disse que pretende atuar diretamente e acompanhar de perto tudo que diz respeito à Saúde dos catarinenses. “Até o dia 28 de fevereiro, vamos receber um detalhamento técnico de todos os gastos que ocorrem nos hospitais próprios e, na etapa posterior, os filantrópicos e privados. Vamos fazer um estudo minucioso, pois tudo que é gasto deve ser bem aplicado em benefício da população, evitar desperdícios e controle absoluto dos gastos públicos, isso é sinal de responsabilidade, que é o queremos fazer para atender melhor a população de Santa Catarina”, disse Moreira, reforçando seu compromisso de repasse dos 14% do orçamento mensal para o setor. O secretário informou que o objetivo é estabelecer as metas e compromissos com a saúde de Santa Catarina e definir a estratégia de regionalização. “Nossa atenção também está voltada para os nossos 12 hospitais para melhorar, dar mais eficiência e agilizar os atendimentos. A reunião de hoje foi muito importante e, com certeza, é só início na busca de qualidade para todos os catarinenses na área da Saúde”, informou o secretário Casagrande. Recursos Em seguida, o governador em exercício seguiu para a Assembleia Legislativa, onde em esforço conjunto com a bancada federal catarinense, acompanhou o repasse de R$ 9,1 milhões para 62 hospitais filantrópicos do Estado. Os recursos que serão destinados para custeio de instituições filantrópicas são provenientes da Emenda Parlamentar da bancada catarinense referente à Lei Orçamentária Anual (LOA) de 2017, que era de R$ 190 milhões destinados para municípios e hospitais filantrópicos. Como os recursos são vinculados ao Ministério da Saúde, o Governo Federal contingenciou 48% do valor da emenda impositiva, ou seja, o montante destinado para a saúde catarinense ficou em R$ 98,8 milhões. Parte já foi destinada aos municípios contemplados pela bancada no final de 2017. Agora, os hospitais filantrópicos também receberão os valores indicados pelos senadores e deputados. Além disso, R$ 2,2 milhões foram repassados para a Secretaria de Estado da Saúde.  
×