O ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), determinou nesta segunda-feira (8) a anulação de todas as decisões tomadas pela 13ª Vara Federal de Curitiba no processo e julgamento das três ações da Operação Lava Jato contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

O processos são referentes ao triplex do Guarujá, do sítio de Atibaia e do Instituto Lula que acabaram sendo anulados por Fachin e garantem novamente os direitos políticos ao ex-presidente.

O ministro determinou que os processos sejam reiniciados na Justiça Federal do Distrito Federal.