Uma situação curiosa foi registrada no início das Eleições deste domingo (7), em Jaraguá do Sul. De acordo com o Cartório Eleitoral, um dos mesários escalados chegou aparentemente embriagado no local de votação instalado na Escola de Educação Básica Holando Marcelino Gonçalves, no bairro Ilha da Figueira. Neste ano, não foi decretada Lei Seca no período do pleito em Santa Catarina.

Como não tinha condições de realizar o trabalho ao qual foi designado, ele foi dispensado. Mas, segundo informações do Cartório Eleitoral, o homem não quis aceitar a dispensa. Então, foi necessária a atuação dos policiais militares que faziam a segurança do local de votação. A identidade do mesário não foi divulgada.

“Ele chegou no primeiro horário da manhã e estava desorientado, talvez porque virou a noite bebendo. Mas ele não falava nada com nada, só falava besteira. E a gente percebeu que ele estava embriagado. Eu comuniquei à delegada, identificaram os sinais de embriaguez e chamaram a Polícia Militar. Ele foi orientado a votar e se retirar. Ele deve responder a um termo circunstanciado”, contou um dos fiscais de votação à equipe do OCP News.

O mesário compõe as mesas receptoras de votos e de justificativas, participando da fiscalização no dia das eleições. É ele que recebe os eleitores, coleta as assinaturas ou as impressões digitais e constata quais eleitores faltaram, podendo atuar ainda na logística da votação.

Substituição de urnas

Duas urnas eletrônicas foram substituídas no início da manhã em Jaraguá do Sul. Uma estava instalada na Escola Municipal de Ensino Fundamental Albano Kanzler, no bairro Nova Brasília, e a outra Escola Municipal de Ensino Fundamental Antonio Estanislau Ayroso, no bairro Jaraguá 99. Os equipamentos foram trocados e a votação nas seções seguiu normalmente.