Vestindo em sua maioria camisas amarelas e portando bandeiras do Brasil, os manifestantes contrários ao ex-presidente Lula ocuparam a entrada da Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina (Alesc) na manhã deste sábado (24), protestando contra a entrega do título de cidadão honorário de SC, concedido em 2008.
Gritando palavras de ordem como "Moro, Moro, Moro" e "nossa bandeira jamais será vermelha ", os contrários a  Lula também cantaram o hino nacional.
Um manifestante, mais exaltado, tirou uma bandeira do PT de um simpatizante lulista e a rasgou na frente de todos.
A informação de que o ex-presidente estaria dentro do prédio da Alesc não foi confirmada. Policiais militares  formaram um cordão de isolamento para impedir o acesso ao Palácio Barriga Verde.
Por volta das 12h40min alguns manifestantes seguiram em direção à Praça XV, deixando o clima ainda mais tenso.
Texto: Ewaldo Willerding