Fotos Mauricio Vieira/Secom
Fotos Mauricio Vieira/Secom

Nesta sexta-feira (20), durante sua visita ao Vale do Itajaí, o ministro do Desenvolvimento Regional, Gustavo Canuto, assinou a liberação de R$ 21 milhões para recuperação da Barragem Norte, em José Boiteux. Os recursos serão aplicados na construção do canal extravasor e na recuperação de equipamentos para a correta operação da maior estrutura voltada à contenção de cheias do Brasil.

De acordo com o ministro, a medida tem como objetivo diminuir os impactos em épocas de chuvas excessivas na região. “Esses convênios vêm para garantir a segurança de toda a região do Vale do Itajaí, que tem 1,5 milhão de habitantes”, afirmou Canuto.

 

 

Atualmente, a barragem funciona de forma precária, o que reduz a sua capacidade de evitar enchentes no Alto e Médio Vale de Itajaí. A situação é resultado de uma invasão indígena ocorrida em 2014, quando foram danificados comandos elétricos e hidráulicos da estrutura. Os índios que vivem no entorno alegam que são atingidos pelo lago que se forma no local quando há muita chuva.

O Governo do Estado ficou responsável por fazer um estudo de impacto socioambiental para a comunidade indígena que reside ao redor da barragem. Esse levantamento deve apurar as reais necessidades da população nativa, afetada pela operação da estrutura.

Quer receber as notícias no WhatsApp?