O pré-candidato do MDB ao governo do Estado, o empresário Antídio Lunelli já começa a ouvir as demandas do setor produtivo catarinense.

Na terça-feira (3), ele esteve na Fiesc (Federação das Indústrias de Santa Catarina) e na FCDL (Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas), onde se encontrou com os presidentes das entidades, Mario Cezar de Aguiar e Ivan Roberto Tauffer, respectivamente.

Entre suas principais bandeiras estão a modernização, a transparência, o controle de gastos e o planejamento em longo prazo com pesado aporte de recursos em infraestrutura, uma necessidade apontada como prioridade pelo setor produtivo.

“Santa Catarina precisa ter projeto, ou acontece o que temos visto. Em muitos casos, não há investimento, o que existe é gasto e promessa de repasse em cinco anos, que vai ficar para o próximo governo atender”, pontuou.

Lunelli tem percorrido todas as regiões de Santa Catarina e assim vai levantando informações para elaborar seu plano de governo. Defende que mais do que conversas políticas, pretende construir suas propostas e fortalecer sua pré-campanha estando mais próximo das pessoas.

No último fim de semana, ele esteve no Oeste e no próximo viajará para a Região do Contestado e Meio-Oeste.