Em agenda na Capital Federal, o pré-candidato do PT à presidência, Luiz Inácio “Lula” da Silva, se hospedou por dois dias na suíte mais cara de Brasília. Situada no hotel de luxo Meliá, o espaço tem 183m³ e diárias que ultrapassam os R$ 6 mil. As informações são da Tribuna do Norte.

A suíte ocupada, segundo anúncio do hotel, é destinada para hospedes que irão se “sentir especiais” em Brasília. O espaço tem dois quartos, duas salas, uma cozinha completa, dois banheiros, um lavabo e dois halls. Há ainda uma sala de jantar para oito pessoas.

A conta da hospedagem deve sair do fundo partidário. A mulher de Lula, a socióloga Rosângela Silva, a "Janja", se hospedou com o ex-presidente.

Em nota, o partido informou que, durante os deslocamentos do ex-presidente pelo país, “providencia locais de hospedagem capazes de atender também a sua equipe de apoio e os dirigentes políticos que o acompanham em suas agendas, com instalações adequadas para receber convidados e realizar reuniões (salas e auditórios) ”.

“Todas as despesas relacionadas aos deslocamentos de seu presidente de honra são realizadas pelo PT conforme a lei e rigorosamente informadas à Justiça Eleitoral, que as divulga”, afirmou a sigla.

Lula escolheu a suíte do hotel que é oferecida a preço cheio por R$ 9,2 mil, sem o desconto da internet.

Adversária do petista na eleição de outubro, Simone Tebet (MDB) informou, por meio da assessoria de imprensa, que não se hospeda em suíte presidencial. Tebet afirmou que “não utiliza suíte presidencial em nenhum momento”.

Ela disse que “a escolha de suas hospedagens é feita levando em consideração a eficiência dos deslocamentos e dentro de um padrão do bom senso dos investimentos dessa rubrica, sem buscar luxo”.

“O MDB Nacional é responsável pelos custos inerentes, dentro do seu projeto de fortalecimento da imagem institucional e de divulgação do ideário de nossa pré-candidata, conforme a legislação lhe faculta”, informou.

Por vídeo, o presidente Jair Bolsonaro diz que se hospeda em residências oficiais quando em deslocamento. No exterior, desde que assumiu, tem feito vídeos para se contrapor aos governos do PT, dizendo que não se hospeda com dinheiro público.

No entanto, em novembro do ano passado, Bolsonaro fez um vídeo para mostrar a suíte de luxo em que se hospedou no Bahrein, no Oriente Médio.