Com o objetivo de tornar as sessões mais abertas à participação da comunidade, incluindo representantes de entidades, presidentes de associações de moradores e agentes políticos, o presidente da Câmara, Anderson Kassner (PP), planeja visitar outras cidades, como Joinville, para trocar ideias e adquirir conhecimento. Uma das questões que incomoda Kassner é a leitura do expediente, que consome um bom tempo das reuniões e não atrai atenção nem dos próprios parlamentares. Em outra frente, o presidente pretende acabar com a papelada das indicações, informatizando o processo. Quer receber as reportagens do OCP Online no WhatsApp? Basta clicar aqui