Um mandato de busca e apreensão foi cumprido pela Justiça Eleitoral de Blumenau no Centro de Distribuição e nas agências do Correio da cidade. O objetivo era o de recolher propaganda eleitoral favorável a coligação O Brasil Feliz de Novo, do presidenciável Fernando Haddad (PT). Na agência dos correios foram recolhidas 540 correspondências prontas para serem entregues.

O material, que é atribuído ao Movimento Sindical e  Movimentos Sociais de Blumenau e Região, estava sem a indicação do CNPJ ou CPF de quem mandou fazer, prática proibida pela legislação eleitoral. O pedido foi do Ministério Público Eleitoral, sendo acatado pelo juiz eleitoral Sérgio Aragão. Boa parte do material já havia sido distribuído e o objetivo agora é descobrir os responsáveis pela iniciativa.