"Joinville e Jaraguá do Sul, contem comigo”, reafirma governador em exercício

"Joinville e Jaraguá do Sul, contem comigo”, reafirma governador em exercício "Joinville e Jaraguá do Sul, contem comigo”, reafirma governador em exercício

Política

Por: OCP News Jaraguá do Sul

quarta-feira, 08:02 - 21/02/2018

OCP News Jaraguá do Sul
O governador em exercício de Santa Catarina, o médico Eduardo Pinho Moreira (MDB), esteve em Joinville nesta quarta-feira (21) e reassumiu o compromisso de ser um governador presente e ajudar a alavancar o desenvolvimento do Litoral Norte e Norte de Santa Catarina. O novo governador de Santa Catarina decidiu começar as viagens pelo interior do Estado a partir do Litoral Norte. Ele esteve em Joinville para a inauguração da reforma da Escola de Ensino Médio Governador Celso Ramos. Mas, bem mais do que descerrar uma placa comemorativa, a visita de Pinho Moreira é uma espécie de resposta a muitos que criticavam a ausência e atenção do Governo Estadual às cidades da região, e até um termômetro da mobilização do partido entre Joinville e Jaraguá do Sul. Moreira é discreto e desconversou a ausência de Raimundo Colombo em Joinville, justificando que a região sempre esteve no radar do governo. “É claro que minha primeira visita seria à mais populosa cidade do Estado. Afinal de contas, Joinville é o carro chefe de nossa economia. Mas quero fazer um governo itinerante. Amanhã [quinta-feira (22)], estarei reunido com o prefeito de Florianópolis, na semana que vem volto a atender a região Norte, em uma conversa já agendada o prefeito de Jaraguá do Sul, Antídio Lunelli. Quero ficar de três a quatro dias na Capital e o resto percorrendo todo o Estado, dando atenção a todos os municípios. Fiquem tranquilos, Jaraguá do Sul e Joinville estarão sempre em minha lista”, prometeu Moreira. Eduardo Moreira falou em fortalecer as parcerias entre o governo e as cidades. “Estamos nos reunindo com os representantes de cada município, ouvindo as necessidades e avaliando como podemos atender a cada demanda, na medida do possível, é claro”, enfatizou o governador em exercício, que aproveitou a oportunidade para reforçar a importância de se enxugar a máquina pública para focar investimentos em desenvolvimento, segurança e saúde. Pela manhã, na Capital, anunciou mudanças importantes na forma de governar Santa Catarina. Ele optou por desativar 15 agências regionais e quatro secretarias executivas. Tal medida deve trazer uma economia de R$ 15 milhões, apenas em despesas com cargos comissionados e mais R$ 30 milhões de gastos em aluguéis veículos, energia e expediente. Serão desativadas as secretarias regionais de Itapiranga, Dionísio Cerqueira, Palmitos, Seara, Caçador, Ituporanga, Taió, Ibirama, Timbó, Brusque, Laguna, Braço do Norte, Canoinhas e São Joaquim. Com elas deixam de ser preenchidos 185 cargos comissionados. Já as secretarias executivas que ficarão inativas são as de Articulação Estadual, de Recursos Vinculados, de Assuntos Internacionais e de Assuntos Estratégicos. “Estes cortes refletem diretamente em toda Santa Catarina, porque o que estamos fazendo é uma mudança de administração, enxugando o Estado para poder investir no que é prioridade”, finalizou. Articulação por todo o Estado Na comitiva não podiam faltar os prefeitos Antídio Lunelli e Udo Döhler, do MDB. Ambos não arredaram o pé do lado do governador. Para Lunelli, Eduardo Pinho Moreira à frente do Estado é um sinônimo de mais desenvolvimento para a região Norte. “Tenho convicção disso. Eduardo e eu somos do mesmo partido, assim como o prefeito Udo. Isso certamente vai fortalecer nossas parcerias. A região tem muito a ganhar com este novo governo”, aposta Lunelli. O prefeito de Jaraguá do Sul também prepara uma série de reinvindicações e investimentos para a cidade, e deve apresentar suas necessidades ao novo gestor do Estado. “Tudo está sendo feito com intermediação direta do secretário de Desenvolvimento Econômico, Carlos Chiodini. Alguns pedidos já estão bem avançados, como financiamentos juntos ao Badesc (Agência de Fomento do Estado de Santa Catarina S/A). Outra questão que queremos atenção é para nossos hospitais que precisam serem fortalecidos, assim como as estruturas da saúde, de uma forma geral”, pontuou. Acordo para eleições Recentemente, o prefeito Udo reafirmou que está disposto a concorrer ao governo do Estado, caso o partido tenha interesse. Nesta quarta-feira (21), ele falou que “esta notícia não é nenhuma novidade”. “Há tempos anunciamos que estamos à disposição do partido e que defendemos a tríplice aliança (MDB/PSDB/PSD). Para isso, fomos contra a improvisação de prévias e propusemos a abertura do diálogo”, disse o prefeito de Joinville. Eduardo Pinho Moreira também é uma das apostas do partido para a corrida rumo ao governo estadual nas próximas eleições. Para quem arrisca que há uma certa rixa entre Eduardo, Mauro Mariani, que também se diz pré-candidato ao governo do estado pelo MDB e Udo, ele é enfático. “O MDB vai saber construir uma candidatura de unidade, fazer com que o partido vá para eleição unido e com a certeza da vitória do peito. O Mauro e o Eduardo são político experientes, juntos ao partido vamos ver como este processo se desdobra”, finaliza Udo Döhler.  
  • Reportagem de Windson Prado
×