Foto Divulgação
Foto Divulgação

O vereador Anderson Kassner (PP), de Jaraguá do Sul, voltou a falar nesta semana da proposta de criar um programa de incentivo à compostagem no município, técnica que reaproveita o lixo orgânico.

Segundo o parlamentar, o assunto está sendo discutido com o secretário de Desenvolvimento Econômico, Indústria, Comércio e Turismo Domingos Zancanaro e com o diretor-presidente do Samae Ademir Izidoro.

A ideia é desenvolver projetos com os profissionais que já trabalham a compostagem e têm conhecimento no tema, ensinando aos moradores Jaraguaenses a fazer a compostagem em suas casas.

Outra proposta do vereador é construir em Jaraguá do Sul um espaço para fazer a compostagem em escala industrial. Segundo ele, seria uma oportunidade para gerar emprego e renda, além de economia com o transporte de resíduos ao aterro de Mafra.

Em Jaraguá do Sul, o lixo orgânico representa 50% de todo o lixo produzido na cidade e, sendo reaproveitado, esse volume diminuiria.  “Vamos economizar milhões de reais por ano”, afirmou o pepista, na sessão de terça-feira (11).

O secretário Zancanaro diz que o governo vê a ideia como positiva, também pela questão ambiental e de sustentabilidade, mas que o tema deve ser encabeçado pelo Samae, que faz a gestão dos resíduos sólidos.

A Prefeitura entraria com apoio e suporte técnico e financeiro, por exemplo – diz o secretário -, além de ajudar na busca de parceiros para tirar o projeto do papel.

 

Quer receber as notícias no WhatsApp?