O vereador Senor Anselmini, de Caibi, Extremo Oeste de Santa Catarina, foi indiciado pela Polícia Civil pelo crime de importunação sexual.

O crime teria ocorrido em dezembro de 2021, durante o evento Doce Natal.

De acordo com o delegado Lucas Almeida, a Polícia Civil tomou ciência do fato após a denúncia de uma empresária do município.

A queixa foi confirmada pela filmagem oficial do evento, que flagrou o vereador apalpando indevidamente a vítima durante a entrega de uma premiação.

O delegado também salienta que Senor está suspenso das atividades na Câmara de Vereadores desde o dia 2 de maio em decorrência do fato.

O crime de importunação sexual pode render ao condenado uma pena de até cinco anos de reclusão.