Grupo Gerar participa de sessão da Câmara de Vereadores de Jaraguá do Sul

Foto: Divulgação/CVJS

Por: Elisângela Pezzutti

19/07/2023 - 11:07 - Atualizada em: 19/07/2023 - 11:09

Nesta terça-feira (18), os integrantes do Grupo de Resgate de Alto Risco (Gerar), André Moura e Marciano Pereira, participaram de sessão da Câmara de Vereadores de Jaraguá do Sul. Durante o encontro, eles falaram sobre as atividades desenvolvidas pelo grupo e sobre a necessidade apoio para manutenção dos trabalhos.

A participação dos representantes do Gerar na sessão ocorreu a convite do vereador Rodrigo Livramento (Novo), que aproveitou a oportunidade para apresentar uma moção de apelo ao Executivo Municipal jaraguaense. A moção destaca a importância vital do rupo para a comunidade e propõe que a Prefeitura conceda apoio financeiro para a manutenção das suas atividades. Livramento solicitou a aquisição de uma sede adequada e de um veículo equipado de acordo com as necessidades do grupo, além da oferta de uma subvenção mensal para ajudar a cobrir os gastos operacionais da equipe.

O texto da moção ressalta a relevância do Gerar, que surgiu em 2009, e que desde então presta assistência aos órgãos de segurança pública e defesa civil em diversas cidades de Santa Catarina durante situações de calamidade pública. O grupo é composto por voluntários multidisciplinares, incluindo bombeiros, policiais militares, profissionais da saúde e resgatistas, capacitados para realizar operações de alto risco, como resgate em estruturas colapsadas, resgate aquático, resgate em altura e busca e resgate em áreas de mata.

Segundo Livramento, além de sua atuação em campo, o Gerar também desempenha um papel importante em atividades sociais e educacionais, ministrando treinamentos de primeiros socorros, gerenciamento de emergências e identificação de perigos.

Entre as últimas operações realizadas pelo grupo estão o auxílio após a passagem do ciclone bomba em 2020 e os resgates em decorrência de deslizamentos de terra e detritos ocorridos em diversas localidades do estado em 2022 e 2023.

Eles também destacaram a homenagem que receberam do município catarinense de São João Batista pela atuação durante as enchentes devastadoras que ocorreram em dezembro de 2022 na cidade. Na ocasião, o Gerar trabalhou em conjunto com a Defesa Civil local por cinco dias, coordenando missões de busca, resgate, avaliação e auxílio no desastre causado pelas fortes chuvas. Os homenageados receberam a Medalha de Mérito da Defesa Civil de São João Batista em reconhecimento à sua dedicação e eficiência no socorro às vítimas.

Para André Moura, a homenagem recebida em São João Batista mostra o quanto o grupo pode levar o nome de Jaraguá do Sul a outras cidades e orgulhar seus cidadãos.

Necessidade de apoio

Livramento observou que, apesar do reconhecimento da comunidade, o Gerar enfrenta dificuldades financeiras e não recebe o apoio adequado do Poder Executivo para custear suas operações, por isso a moção apresentada por ele busca sensibilizar a Administração Municipal para a necessidade de fornecer recursos que garantam a continuidade e a eficiência do trabalho.

A moção foi aprovada por unanimidade e enviada ao Executivo para ciência do apelo.

Os representantes do Gerar expressaram sua gratidão pela oportunidade recebida e enfatizaram a importância do apoio do poder público para a continuidade de suas atividades, visando sempre a proteção e o socorro à população em momentos de extrema vulnerabilidade.

Marciano Pereira destacou que o Grupo é uma das primeiras organizações da sociedade civil criadas para trabalhar em desastres naturais.

“Mostra que Jaraguá é pioneira e busca se organizar para gerar resultados para a nossa comunidade”, destacou.