O vereador Pedro Silvestre (PP), o Pedrão, recebeu mais de 11 mil votos nas eleições de 2016 e com este cacife tornou-se um dos maiores nomes na Câmara dos Vereadores em oposição à administração do prefeito Gean Loureiro (MDB). Pedrão tem sido um crítico forte da maneira com que Gean toca a cidade e da forma, segundo ele, “subserviente” com que os vereadores da base se comportam diante de Projetos de Lei de interesse do Executivo. Durante da tramitação do Projeto de Lei 17.484/18, o Creche e Saúde Já, o vereador subiu à tribuna da Câmara várias para criticar a forma, de acordo com suas palavras, “apressada e sem diálogo com a sociedade” com que a lei tramitou na Casa. Pedrão aponta os gastos com comissionados e com alguns dos assessores diretos do prefeito como argumentos que poderiam ser levados em conta antes de encaminhar um projeto que autoriza a prefeitura a contratar Organizações Sociais para a gestão de creches e da UPA do Continente. “O presidente da Comcap custa R$ 65 mil mensais ao município, o equivalente a 4 médicos e 23 professores”, dispara Pedrão entre outras críticas. Confira nesta entrevista com o colunista Rafael Martini as opiniões de Pedrão sobre este tema polêmico para a Capital. https://www.youtube.com/watch?v=2BB4d4tWrGA