Foram debatidas outras possibilidades para a melhoria da mobilidade não apenas na Capital, mas em toda a Grande Florianópolis. | Foto: Jaqueline Noceti / Secom

Foram debatidas outras possibilidades para a melhoria da mobilidade não apenas na Capital, mas em toda a Grande Florianópolis. | Foto: Jaqueline Noceti / Secom

O governador Eduardo Pinho Moreira e o secretário de Estado da Infraestrutura, Paulo França, receberam o prefeito da Capital, Gean Loureiro, e representantes da prefeitura de Florianópolis na tarde desta quinta-feira (10) para debater as possibilidades de uso da Ponte Hercílio Luz após o término da reforma. No encontro na Casa D’Agronômica, Estado e município acordaram em buscar uma solução conjunta para a utilização do principal cartão postal de Santa Catarina.

Além da ponte, também foram debatidas outras possibilidades para a melhoria da mobilidade não apenas na Capital, mas em toda a Grande Florianópolis.

"Foi uma apresentação importante de uma conversa integrando o Governo do Estado com o município em diversas ações. É fundamental essa tratativa, esse início de ajuste para que a gente consiga usar todas as ferramentas para construir a melhoria da mobilidade urbana da nossa Capital ", disse o secretário Paulo França.

Por parte da prefeitura, participaram do encontro, além do prefeito, o superintendente do Instituto de Planejamento Urbano de Florianópolis (Ipuf), Ildo Rosa, e o diretor da região metropolitana do mesmo órgão, Michel Mittmann.

Mittmann destacou a necessidade de se olhar não apenas para a forma de utilização da ponte, mas também para o seu entorno, utilizando a revitalização como uma maneira de facilitar o desenvolvimento da cidade.

No próximo domingo, a ponte Hercilio Luz completa 82 anos de inauguração. Ela foi a primeira ligação rodoviária entre a Ilha de Santa Catarina e a região continental.

*Com informações do Governo de Santa Catarina