Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

No último sábado, o presidente Jair Bolsonaro comunicou em uma rede social que o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Freitas, vai anunciar medidas que prometem desburocratizar e promover a economia no setor de trânsito.

Entre as ações citadas pelo presidente está a ampliação da validade da carteira nacional de habilitação (CNH) de cinco para dez anos, além do fim da obrigatoriedade de aulas em auto-escolas com simuladores.

O presidente também disse que "medidas que afetam caminhoneiros serão extintas ou revistas" e falou em simplificação do emplacamento.

A resolução do Conselho Nacional de Trânsito (Contran) que tornou obrigatório o uso de simuladores pelas auto-escolas é de 2015.

Na mesma publicação, o presidente afirmou que o Contran atrapalha a vida de quem transporta no Brasil.

"O Contran emite cerca de 100 resoluções/ano atrapalhando a vida de quem transporta no Brasil", apontou Bolsonaro.

 

Quer receber as notícias no WhatsApp?