O Governador Carlos Moisés tem agendado para as 10h30min desta quarta-feira (10) uma reunião com prefeitos de municípios catarinenses para discutir medidas de enfrentamento ao avanço da pandemia do coronavírus.

Além dos prefeitos, participam do encontro o Procurador-Geral de Justiça, Fernando da Silva Comin; o Promotor de Justiça Luciano Trierweiller Naschenweng, titular da 33ª Promotoria de Justiça da Capital; e o Coordenador do Centro de Apoio Operacional dos Direitos Humanos e Terceiro Setor, Douglas Roberto Martins.

 

 

Conforme os números divulgados pela Secretaria de Saúde nesta terça-feira (9), o estado vive um dos momentos mais graves da pandemia, com registro de 108 mortes, chegando ao total de 8.170 óbitos, além dos 712.063 casos confirmados, com 31,8 ainda ativos.

Neste encontro, o governador vai ouvir de prefeitos medidas que já estão sendo tomadas para frear o avanço da doença e, também, pedidos para que seja decidido por um fechamento geral. Essas medidas têm o apoio do MPSC, que aguarda o fim da reunião para decidir se encaminha pedido de ações mais restritivas ou não.

O setor produtivo, representado por entidades com a FIESC e a FACISC, já se mostrou contrário ao lockdown, alegando os prejuízos econômicos que tais medidas podem trazer.